10 sintomas ocultos de depressão: podem afetar qualquer um

14 de dezembro de 2018

|

POR Bruno Botelho dos Santos

Em muitos caso, a depressão é pouco perceptível, ou seja, se confunde com sentimentos de desânimo e tristeza e acaba sendo encarada como “natural” por quem a sente. Como consequência, há mais sofrimento e atraso no tratamento adequado. A seguir, entenda quais são os sintomas ocultos de depressão.

10 sintomas ocultos de depressão

 

depressão

Photographee.eu/Shutterstock

É importante destacar que transtornos mentais nem sempre se manifestam da mesma forma, ou seja, os sintomas de depressão podem variar de pessoa para pessoa. Porém, há casos que agregam um padrão de comportamentos que pode passar batido.

A psicóloga norte-americana Margaret Rutherford, autora do livro “Seven Commandments of Good Therapy” (Sete mandamentos da boa terapia, em tradução livre), listou os sintomas ocultos depressão. Confira:

1. Perfeccionismo com uma voz interior crítica e constante

A especialista conta que pessoas com sintomas ocultos de depressão podem se repreender silenciosamente em caso de falhas ou sucesso “insuficiente”.

Além disso, indivíduos com o transtorno têm a necessidade de realizar atividades que sejam muito significativas com perfeição. Assim, surgem cobranças e autocríticas constantes que fazem mal para o psicológico.

2. Sentimento excessivo de responsabilidade

Pessoas com depressão têm muita consciência de dever, obrigação e lealdade e geralmente são as primeiras a perceberem quando algo está errado.

Devido ao excesso de responsabilidade que assumem para si, são bons líderes, embora não saibam delegar.

Contudo, esse comportamento centralizador pode fazer mal, principalmente se algo não sair da maneira ideal, gerando culpa e sofrimento.

3. Dificuldade em aceitar e demonstrar emoções dolorosas

Margaret Rutherford conta que indivíduos com depressão acabam se escondendo para não demonstrar seus sentimentos.

A raiva costuma ser evitada e a tristeza escondida: podem faltar palavras para expressar essas emoções e, em casos mais graves, qualquer outro sentimento.

4. Preocupação e necessidade de controle sobre tudo

A necessidade de controle é um dos sintomas ocultos de depressão mais devastadores, já que leva o indivíduo a pensar demais sobre o futuro e imaginar coisas que dificilmente irão acontecer.

Todavia, como se trata de um sentimento oculto, pode até parecer que a pessoa leva a vida com facilidade e sem esforço, embora a preocupação esteja ali.

5. Foco intenso em tarefas para se sentir importante

Ocorre um foco muito grande em tarefas, já que a conclusão delas gera sentimento de importância e valor que é importante para esconder inseguranças e medos.

Mas isso pode ir longe demais, fazendo com que a pessoa não saiba o que gosta de si mesma e dependa de tarefas para se sentir bem.

6. Preocupação com o bem-estar dos outros

Cuidar dos outros faz bem para quem tem depressão, só que, ao contrário do que estão fazendo, elas não deixam que outras pessoas sintam sua vulnerabilidade, ou seja, não revelam suas dores.

Isso pode ser perigoso quando a ideação suicida está presente, já que faz com que ninguém saiba o que está acontecendo.

7. Descartar mágoas ou abusos

Um dos mais comuns sintomas ocultos de depressão é o ato de guardar experiências negativas e dolorosas para si mesmo, descartando ou ignorando seus impactos e deixando de trabalhar para sua resolução.

8. Vícios e outros distúrbios

Quem sofre com o distúrbio pode apresentar transtornos alimentares e traços obsessivo-compulsivos, como o vício em álcool, drogas ou medicamentos.

9. Culpa e vergonha

Uma pessoa com depressão sente culpa ou até mesmo vergonha se demonstra compaixão consigo mesmo. Com isso, se “conforma” com o fato que nem todas as coisas em sua vida são boas e acredita que se sentir mal é normal.

10. Relacionamentos difíceis, mas sucesso profissional

Por fim, pessoas com a doença podem ser produtivas e alcançar, muitas vezes, o sucesso profissional. Só que provavelmente terão dificuldades em se relacionar em um nível íntimo por não conseguirem expor sua vulnerabilidade.

Se apresenta essas características, não tenha medo de procurar ajuda de especialistas, psicólogo e psiquiatra, que podem te orientar quanto aos tratamentos para depressão e ajudá-lo a superar medos e dificuldades.