Sintomas de bronquite: entenda os casos agudos e crônicos

30 de novembro de 2018

|

POR Bruno Botelho dos Santos

Bronquite é uma inflamação do revestimento dos brônquios, que são estruturas responsáveis por transportar ar para os pulmões. A doença pode se manifestar de forma aguda ou crônica.

Pessoas que têm o problema geralmente apresentam tosse desconfortável com muco espesso e, por vezes, descolorido. Saiba mais sobre os sintomas de bronquite e como tratar o problema.

Tipos de bronquite e seus sintomas

 

bronquite sintomas

AlexRaths/iStock

Existem dois tipos, o agudo e o crônico. O primeiro não apresenta sintomas duradouros e geralmente melhora de uma semana a 10 dias. Já o segundo se desenvolve com crises repetidas e é mais grave. Saiba os sintomas de cada um a seguir:

Sintomas de bronquite aguda

Esse tipo pode gerar sintomas semelhantes aos de resfriado, como dor de cabeça leve e dores no corpo. Veja todos os principais sintomas de bronquite aguda:

  • Tosse com presença de muco
  • Fadiga
  • Chiado no peito
  • Febre baixa
  • Espirros
  • Coriza
  • Obstrução nasal
  • Dor de garganta
  • Dor de cabeça
  • Dores no corpo
  • Dificuldade em respirar

Essas manifestações costumam melhorar em uma semana, mas a tosse pode persistir por mais tempo.

Sintomas de bronquite crônica

A bronquite crônica é uma das condições incluídas na categoria de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e é definida como uma tosse que dura pelo menos três meses, com episódios recorrentes por ao menos dois anos consecutivos.

Os casos crônicos não podem ser curados, mas os sintomas podem ser controlados por meio de algumas mudanças no estilo de vida, como manter uma dieta saudável, fazer exercícios físicos e evitar fumar.

Os sintomas da bronquite crônica incluem:

  • Tosse com presença de muco
  • Febre baixa
  • Dor ou aperto no peito
  • Dificuldade em respirar
  • Fadiga ou cansaço persistente
  • Chiado no peito
  • Congestão nasal
  • Inchaço nos tornozelos ou pés
  • Inchaço nas pernas (relacionado a complicações cardíacas)

A maioria dos sintomas podem demorar um pouco para se desenvolver, o que pode fazer com que a gravidade do quadro seja ignorada até que avance para um estágio mais perigoso.

Quando consultar um médico?

É importante procurar um médico se sua tosse:

  • Durar mais de três semanas
  • Atrapalhar o sono
  • For acompanhada de febre maior que 38°C
  • Apresentar muco descolorido
  • Apresentar sangue
  • Estiver associada com falta de ar

Diferente dos agudos, casos crônicos não tem cura. Porém, os tratamentos e algumas mudanças no estilo de vida – como manter uma dieta saudável, fazer exercícios físicos e evitar fumar – podem ajudar a aliviar os sintomas.

Diferenças entre bronquite e pneumonia

Uma condição comumente confundida com bronquite é a pneumonia. Isso acontece porque ambas  envolvem inflamação no peito e causam falta de ar, chiado e tosse com catarro.

Contudo, a bronquite afeta os brônquios, enquanto a pneumonia prejudica o tecido pulmonar. Além disso, a maioria dos casos de bronquite aguda é causado por infecção viral, já a pneumonia geralmente é bacteriana, o que significa que um antibiótico ajudará nesses casos.

Outra diferença é que a bronquite está associada a febre baixa e a pneumonia costuma ser caracterizada por febre alta.

Em caso de dúvida, é importante ir ao médico para realizar exames que diferenciarão ambas as condições.