Sangue nas fezes: o que pode ser? Veja possíveis causas

15 de fevereiro de 2018

|

POR Lucas Coelho

O aparecimento de sangue nas fezes pode ser algo um tanto quanto assustador para qualquer um. Na era da internet, os resultados de busca online podem ser aterrorizantes, fazendo a mente dar voltas e voltas sobre as possíveis causas.

No entanto, não é preciso se alarmar, mas sim se informar sobre o que realmente pode estar acontecendo. O sangramento pode ser resultado de diversos fatores, dos mais simples aos mais graves.

O que pode levar ao surgimento de sangue nas fezes?

A queixa de sangramento nas fezes é extremamente comum e deve-se a diversos problemas gastrointestinais. Geralmente, a vida do paciente não está em risco por causa disso, e muito provavelmente são hemorroidas ou fissuras anais. A doença hemorroidária, aliás, é a causa mais normal para o sangramento.

Em quadros mais sérios, o sangue pode estar ligado a lesões benignas ou malignas do estômago ou do intestino delgado, doenças inflamatórias intestinais ou doenças diverticulares encontradas no intestino grosso. Tumores no sistema digestivo ou patologias neoplásticas também podem ser motivos para o surgimento de sangue nas fezes.

Entre as doenças inflamatórias intestinais mais recorrentes, estão a retocolite ulcerativa e a doença de Crohn. Fatores psicológicos, como ansiedade e estresse, também podem influenciar.

Já as doenças diverticulares se localizam no cólon e invariavelmente afetam a população idosa, acima dos 60 anos, podendo causar dores abdominais, diarreias, e, quando mais sérias, hemorragia retal.

O tubo digestivo

O tubo digestivo do ser humano se divide entre o alto (boca, faringe e esôfago), médio (estômago e intestino delgado – duodeno, jejuno e iléo) e o baixo, que se resume basicamente ao intestino grosso.

De acordo com o cirurgião geral e gastrointestinal do Hospital Badim do Rio de Janeiro, Guilherme Cotta, as doenças ulcerosas pépticas do estômago ou duodeno são corriqueiramente as responsáveis por sangramentos no tubo digestivo médio, seguidas por varizes de fundo gástrico e, mais raramente, tumores típicos da região.

No tubo digestivo baixo, as doenças hemorroidárias são geralmente a origem do sangue, seguidas pelas enfermidades diverticulares, tumores no intestino grosso e por fim as já citadas doenças inflamatórias intestinais (DII).

Manifestações diferentes do sangramento

O sangramento que aparece nas fezes pode se dar de diferentes formas. Abaixo, separamos as três mais comuns a que você deve ficar atento.

Sangue no papel higiênico

Quando o sangue é percebido somente ao se passar o papel higiênico para limpar-se, provavelmente se trata de alguma hemorroida ou lesão na região.

“Muitas vezes, fissuras também podem ser notadas pela sensação de dor no local e é possível perceber elevações, massas ao redor do ânus”, afirma Cotta. NesTes casos, o especialista mais indicado para lidar com o problema é um proctologista.

Diarreia com sangue

Diarreias sanguinolentas são bem mais preocupantes e até assustadoras, mas suas causas variam bastante, com fontes bastante distintas. A doença de Crohn, a retocolite ulcerativa e a tuberculose intestinal são algumas das enfermidades que podem estar por trás deste sintoma.

No entanto, inflamações bacterianas, parasitoses, isquemias intestinais (necrose de uma parte do intestino) e até tumores estão na lista. Por isso, é bom ficar atento e procurar um gastroenterologista em caso de dúvidas.

Fezes com muco e sangue

A presença de muco junto das fezes é mais rara. Segundo explica o coloproctologista do Hospital Santa Paula de São Paulo, Nam Jim Kim, geralmente o muco indica uma inflamação no cólon. “Pode ser sinal de uma colite, de origem possivelmente infecciosa”, explica.

Como proceder?

Justamente por ser um problema que pode ser causado por uma longa lista de fatores, não existe uma regra de como proceder em relação à presença de sangramento nas fezes.

Na verdade, a única recomendação é procurar um especialista o quanto antes, pois pode-se tratar de um problema simples ou de algo bem mais sério.

O indicado é procurar um proctologista ou gastroenterologista de início. Depois, se for necessário, o paciente será direcionado para algum cirurgião do aparelho digestivo.

E quando é câncer no intestino?

Geralmente a palavra que mais assusta as pessoas em relação a qualquer comportamento estranho do corpo é “câncer”. O sangue nas fezes não é diferente, mas, como vimos, existe uma série de problemas que pode estar causando essa situação incômoda, e muitos deles bem mais comuns do que um câncer no intestino.

O sangramento pode inclusive ser resultado de lesões que são precursoras do câncer, como pólipos. Junto dele – e as vezes até antes dele –, o paciente pode sofrer de emagrecimento inesperado, até ficar anêmico, ou identificar o aparecimento de massas abdominais.

É importante notar também que nem sempre a presença do câncer irá causar sangue nas fezes.

“Os sintomas do câncer de intestino são muito vastos e necessitam de uma série de correlações que devem ser interpretadas por um profissional habilitado”, alerta o especialista. “Em diversos casos, os traços iniciais passam desapercebidos e a doença só é descoberta por sintomas tardios e avançados”.