Oxandrolona: o que é, para que serve e efeitos no corpo

Atualizado em 30 de setembro de 2019

|

Oxandrolona é um esteroide anabolizante androgênico, o que significa que é um derivado sintético da testosterona. A droga foi sintetizada inicialmente com fins terapêuticos sob o nome comercial de Anavar, mas popularizou-se como forma de aumentar a massa muscular com fins estéticos ou esportivos.

Sua indicação terapêutica é tratar síndrome de Turner, falhas no crescimento físico, hepatite alcoólica e má nutrição calórica proteica moderada.

Já o uso esportivo não é respaldado oficialmente pelas instituições médicas ou por estudos científicos. Segundo o Conselho Federal de Medicina e o Ministério da Saúde, usar anabolizantes para fins estéticos ou para aumentar o rendimento esportivo é proibido.

Composição

A oxandrolona pode vir associada a outros elementos no caso de suplementos feitos para ganho de massa muscular ou manipulada em fórmulas magistrais, por isso, sua composição é variável.

Nomes comerciais

Além de oxandrolona, a substância pode ser encontrada com os nomes de Anavar e Oxandrin.

Para que serve?

Esteroides anabólicos androgênicos (EAA), como a oxandrolona, são derivados da testosterona – hormônio sexual masculino. No corpo, eles têm como principais efeitos o crescimento de tecidos (como massa muscular) e o estímulo das características sexuais masculinas.

Os EAA são tradicionalmente indicados para quadros de hipogonadismo – alteração em que gônadas (testículos ou ovários) não produzem quantidade adequada de hormônios – ou deficiência do metabolismo proteico.

Indicação

Encontrada facilmente em farmácias de manipulação, a oxandrolona tem diferentes indicações:

Síndrome de Turner

A síndrome de Turner é causada por uma anormalidade cromossômica marcada pela baixa estatura. A oxandrolona pode otimizar o crescimento e aumentar a altura de pessoas com esse quadro.

Falhas no crescimento físico

A oxandrolona também é indicada para outros distúrbios de crescimento, como o atraso constitucional do crescimento e da puberdade. Isso acontece porque otimiza a maturação dos tecidos.

Hepatite alcoólica aguda, moderada ou grave

A oxandrolona é indicada para casos de hepatite alcoólica por estimular a síntese proteica, a reparação celular e otimizar a nutrição.

Perda de massa muscular

A substância pode ainda ser utilizada para ganho de massa em pessoas que sofreram perda abrupta de peso, como em casos pós-cirúrgicos ou causados pela Aids.

Ação esperada

Como resultado da oxandrolona, é esperado ganho de massa e estímulo ao crescimento.

Como tomar oxandrolona

O medicamento deve ser tomado de acordo com a recomendação médica.

Segundo a bula da oxandrolona da Iberoquímica, são indicadas doses que variam de 2,5 mg a 20 mg diários, sendo a dose usual mais comum de 5 mg a 10 mg diários durante duas a quatro semanas.

Oxandrolona emagrece?

Oxandrolona não tem ação sobre redução do peso, ao contrário, o ganho de massa e aumento do apetite podem causar ganho de peso.

Efeitos colaterais

Há uma série de efeitos da oxandrolona que podem ser incômodos e colocarem a saúde em risco, entre eles:

  • Lesão e tumores hepáticos
  • Aumento do colesterol ruim
  • Dificuldade para dormir
  • Aumento dos seios
  • Mudanças na libido
  • Acne
  • Aumento do clitóris
  • Crescimento de pelos faciais
  • Alterações menstruais
  • Alterações de humor

Contraindicação

Gestantes, lactantes, pessoas com insuficiência hepática grave, colesterol alto, histórico de doença cardíaca, renal ou pulmonar, que tiveram câncer de próstata ou mama ou têm distúrbios de coagulação devem informar seu médico antes de começar a tomar oxandrolona.

Interações medicamentosas

Informe seu médico caso esteja tomando qualquer medicamento, em especial anticoagulantes e hipoglicemiantes orais. A oxandrolona pode ainda alterar testes de função da glândula tireoide.

 

Fontes

PubMed – International Journal of Pediatric Endocrinology. Effect of oxandrolone therapy on adult height in Turner syndrome patients treated with growth hormone: a meta-analysis. Disponível em: www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4551522

Ministério da Saúde. Anabolizante. Disponível em: bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/2619-anabolizantes

PubMed – European Journal of Pediatrics – Springer. The effect of prolonged administration of an anabolic steroid (oxandrolone) on growth in boys with constitutionally delayed growth and puberty. Disponível em: www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8801102