Trombose: causas, sintomas, prevenção e tratamentos

16 de abril de 2018

|

POR Patrícia Beloni

Trombose é uma condição séria que é caracterizada pela formação de um coágulo, também chamado de trombo, dentro de uma artéria ou veia, o qual impede que o sangue flua normalmente pelo sistema circulatório.

Dados do Sistema Único de Saúde (SUS) apontam que mais de 36 mil pessoas passaram por tratamento clínico em decorrência de trombose.

Outros nomes associados a essa condição incluem tromboembolismo, síndrome pós-trombótica e síndrome pós-flebítica.

O que é trombose?

É a formação de um coágulo – aglomerado de sangue que está em estado gelatinoso – dentro de algum vaso do corpo humano.

Pode ser chamada de trombose venosa ou trombose arterial.

Trombose venosa profunda

Segundo o cardiologista Flávio Cataldi, da Rede de Hospitais São Camilo, é venosa quando o problema ocorre em uma veia (vaso que conduz o sangue para o coração).

Segundo o especialista, a trombose venosa profunda têm taxa de mortalidade anual em pacientes idosos de 21 e 39%, respectivamente.

Trombose arterial

Já a arterial acontece em uma artéria (vaso que leva o sangue que sai do coração).

Quando se localiza em artérias responsáveis pelo fluxo cerebral, pode levar a Acidente Vascular Cerebral (AVC). No caso de vasos ligados ao coração, pode ocorrer infarto.

Este segundo tipo também pode acontecer nas pernas – e nestes casos é mais conhecida como gangrena. Outra região também propensa são as artérias que irrigam os intestinos.

O que causa a trombose?

Entre as principais causas, estão:

  • Permanecer sentado por tempo prolongado ou com mobilidade restrita
  • Pós-operatório de cirurgia (principalmente ortopédica ou de varizes)
  • Propensão genética à trombose, chamada de trombofilia
  • Tabagismo
  • Gravidez e pós-parto
  • Uso de anticoncepcionais
  • Reposição hormonal
  • Insuficiência cardíaca congestiva
  • Quimioterapia
  • Obesidade
  • Neoplasias (crescimento anormal de células)
  • Aterosclerose (formação de placas de gordura e tecido fibroso nas artérias)
  • Envelhecimento das artérias acelerado pela hipertensão
  • Diabetes
  • Colesterol alto
  • Varizes

Sintomas de trombose

Os principais sintomas da trombose venosa profunda são:

  • Inchaço com endurecimento da panturrilha
  • Dor na perna
  • Dificuldade de locomoção
  • Sensação de calor na perna
  • Pele avermelhada, azulada ou pálida
  • Veias superficiais dilatadas

Já os sintomas de trombose arterial só se apresentam quando há bloqueio do fluxo de sangue para parte do corpo, o que pode gerar AVC, ataque cardíaco e isquemia crítica do membro. Todas essas condições são graves e incluem sinais como:

  • Dor no peito
  • Falta de ar
  • Tontura
  • Paralisia de um lado do corpo
  • Fala arrastada
  • Descoloração da pele

Diagnóstico

Para identificar se o paciente está mesmo com trombose, é necessário realizar alguns exames. O principal deles é a ultrassonografia com doppler, que avalia e identifica a presença de possíveis coágulos.

“Outro exame utilizado é a dosagem sanguínea do dímero D, um teste de triagem que, se negativo, praticamente exclui a hipótese de tromboembolismo. Mas, se positivo, é necessário fazer a confirmação por outros exames radiológicos”, aponta o cardiologista.

Tratamentos disponíveis

O tratamento visa evitar que o coágulo fique maior e impedir que ele se solte e cause AVC, infarto, embolia pulmonar e outras complicações.

O tratamento da trombose venosa profunda e o da arterial são diferentes. Veja suas peculiaridades:

Tratamento de trombose venosa profunda

O tratamento deve ser realizado em ambiente hospitalar. É realizada a administração de anticoagulantes por via endovenosa ou subcutânea.

Anticoagulantes: embora não sejam capazes de dissolver coágulos já existentes, esses medicamentos, que podem usados por via oral ou venosa, previnem a formação de novos, já que diminuem a capacidade do sangue coagular.

Trombolíticos: usados em tipos graves de trombose venosa ou embolia pulmonar, são medicamentos que visam diluir rapidamente os coágulos.

Filtros: procedimento para inserir um filtro em uma grande veia do abdômen, afim de evitar que o coágulo vá para o pulmão.

Meias de compressão: para prevenir o inchaço associado à trombose venosa profunda, é possível usar estas meias nas pernas.

Trombose arterial

Trombolíticos

Cirurgia: procedimento para remoção do coágulo ou para desviar o sangue ao redor da artéria bloqueada

Angioplastia: operação que alarga a artéria obstruída

Como prevenir a trombose?

Algumas medidas simples podem ajudar a prevenir trombose, são elas:

  • Praticar exercícios físicos regularmente
  • Evitar ficar muitas horas sentado
  • Manter uma dieta equilibrada
  • Controlar o peso
  • Manter uma alimentação saudável, rica em frutas, verduras e leguminosas
  • Pessoas com antecedente de trombose e varizes devem usar meias de compressão
  • Pacientes operados devem procurar andar o mais precoce possível
  • Deixar de fumar
  • Controle adequado da pressão arterial
  • Controle rigoroso de diabetes
  • Controle do colesterol
  • Realizar exames periódicos dos níveis sanguíneos de colesterol e triglicérides
  • Evitar estresse
  • Deixar de fumar e beber álcool