Hérnia de hiato: o que é, sintomas, remédios e cirurgia

29 de janeiro de 2019

|

POR

Dores abdominais e torácicas, azia e refluxo podem significar hérnia de hiato. Embora incômodo, o problema que afeta o estômago pode ser controlado e prevenido por meio de hábitos simples. Saiba o que é hérnia de hiato, sintomas, tipos e tratamentos.

O que é hérnia de hiato?

Hérnia de hiato é uma condição que ocorre quando a parte superior do estômago incha, pressionando o diafragma – músculo que separa o abdômen do tórax.

O diafragma possui uma pequena abertura, conhecida como hiato, e é por meio dela que o tubo de alimentação, chamado de esôfago, passa antes de chegar ao estômago.

Uma pequena hérnia de hiato, na maioria dos casos, não apresenta sintomas. Porém, uma maior pode permitir que a comida e o ácido voltem para o esôfago, causando desconforto.

Tipos

Hérnia de hiato por deslizamento

A área de junção entre o esôfago e o estômago e também uma parte do próprio estômago projetam-se para cima do diafragma.

Hérnia de hiato paraesofágica

Parte do estômago é empurrada para cima do diafragma, situando-se ao lado do esôfago.

Causas

A hérnia de hiato ocorre quando o tecido muscular enfraquecido permite que o estômago se eleve contra o diafragma. Nem sempre é claro o motivo de isso acontecer, porém as causas mais recorrentes são:

  • Mudanças no diafragma decorrentes da idade;
  • Lesão na região, como traumas e cirurgias;
  • Nascer com o hiato maior do que o normal;
  • Pressão persistente e intensa nos músculos da região, como tosse, vômito, esforço durante a evacuação, exercício e levantamento de objetivos pesados.

Fatores de risco

A hérnia de hiato costuma ser mais comum perante:

  • Pessoas com 50 anos ou mais
  • Pessoas que sofrem com obesidade
  • Estresse
  • Tabagismo
  • Falta de fibras no organismo
  • Gestantes

Sintomas de hérnia de hiato

Uma pequena hérnia de hiato, na maioria dos casos, não apresenta sintomas. Contudo, as hérnias hiatais maiores podem causar:

  • Azia
  • Regurgitação de alimentos ou líquidos pela boca
  • Refluxo do suco gástrico para o esôfago
  • Dificuldade em engolir
  • Dor torácica ou abdominal
  • Falta de ar
  • Vômito com sangue
  • Fezes escuras

Diagnóstico

 

Anatomia do estômago humano.

Magic mine/ShutterStock

A hérnia de hiato é frequentemente descoberta durante exame para determinar a causa da azia ou da dor torácica e abdominal. Esses  procedimentos incluem:

Radiografia do sistema digestivo superior: as imagens de raio-x são capturadas após a ingestão de um líquido que reveste e preenche o trato digestivo. Esse revestimento permite que o profissional que executa o exame visualize esôfago, estômago e intestino superior com facilidade.

Endoscopia: um tubo fino e flexível, equipado com uma luz e uma câmera, é inserido na garganta a fim de examinar o interior do esôfago e do estômago e, então, verificar alterações.

Manometria esofágica: exame capaz de medir as contrações musculares rítmicas do esôfago quando acontece o ato de engolir. O teste também mede a coordenação e a força exercida pelos músculos do esôfago.

Qual profissional devo procurar?

O gastroenterologista, que é o profissional responsável pelo diagnóstico e tratamento das doenças do aparelho digestivo, é o especialista ideal para diagnosticar e tratar esse problema.

Tem cura?

A hérnia de hiato tem cura e o tratamento costuma resolver o quadro.

Tratamentos

A maioria das pessoas com casos de hérnia de hiato não apresenta sinais ou sintomas, ou seja, não requer tratamento.

Os casos mais graves, sintomáticos, precisam passar por tratamento com base em medicações e, se necessário, cirurgia.

Medicamentos

  • Antiácidos que neutralizam o suco gástrico do estômago;
  • Medicamentos que reduzam a produção de ácido gástrico;
  • Medicamentos que bloqueiam a produção de ácido no suco gástrico e melhoram as condições do esôfago.

Cirurgias

O método cirúrgico é empregue em casos nos quais diferentes tipos de medicações não resolveram o problema ou quando o paciente desenvolve complicações, como inflamações graves ou estreitamento do esôfago.

A cirurgia para reparar uma hérnia de hiato pode acontecer pelas seguintes estratégias:

  • Reposicionar o estômago para baixo e fazer uma abertura no diafragma;
  • Remover a hérnia em si;
  • Reconstruir o esfíncter, a válvula que abre e fecha e impede que o alimento do estômago não volte ao esôfago.

Na maioria dos casos, a cirurgia é feita por meio de apenas uma incisão.

Prognóstico

Com tratamento e acompanhamento adequados, o prognóstico para hérnia de hiato é bom. Contudo, algumas medidas devem ser tomadas para que o problema não retorne:

  • Coma pequenas porções de comida durante o dia, ao invés de fazer grandes refeições;
  • Evite alimentos gordurosos, frituras, molho de tomate, álcool, chocolate, hortelã, alho, cebola e cafeína;
  • Evite deitar-se após as refeições;
  • Coma, pelo menos, duas horas antes de dormir;
  • Mantenha um peso saudável;
  • Não fume;
  • Eleve a cabeceira da cama em cerca de 15 centímetros.

Prevenção

A hérnia de hiato não pode ser totalmente prevenida pois, em alguns casos, a pessoa já nasce com uma anomalia que a predispõe.

Apesar disso, é possível controlar fatores de risco como obesidade, estresse, tabagismo e alimentação. Ou seja, praticar exercícios físicos com regularidade e adotar hábitos alimentares saudáveis são de extrema importância.

 

Fontes

Mayo Clinic. Hiatal hernia. Disponível em: www.mayoclinic.org/diseases-conditions/hiatal-hernia/symptoms-causes/syc-20373379

Manual MSD. Hérnia de hiato. Disponível em: www.msdmanuals.com/pt-br/casa/dist%C3%BArbios-digestivos/dist%C3%BArbios-esof%C3%A1gicos-e-de-degluti%C3%A7%C3%A3o/h%C3%A9rnia-de-hiato

NHS Inform. Hiatus hernia. Disponível em: www.nhsinform.scot/illnesses-and-conditions/stomach-liver-and-gastrointestinal-tract/hiatus-hernia