Engov: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Atualizado em 10 de setembro de 2019

|

Engov é um remédio analgésico indicado para cefaleia, alergias, náuseas, azia e dor de cabeça. Exatamente por seus efeitos é tido popularmente como aliado de pessoas com ressaca, quadro causados pela ingestão excessiva de bebidas alcoólicas.

Saiba para que serve, quais indicações e cuidados ter ao tomar Engov.

Composição

Engov é composto por maleato de mepiramina, hidróxido de alumínio, ácido acetilsalicílico e cafeína. Fabricado pelo laboratório Neo Química, cada comprimido contém:

  • Maleato de mepiramina (equivalente a 10,7 de mepiramina): 15 mg
  • Hidróxido de alumínio: 150 mg
  • Ácido acetilsalicílico: 150 mg
  • Cafeína: 50 mg

Para que serve

De acordo com o farmacêutico Leonardo Jun Otuyama, do Centro de Informações sobre Medicamentos (CIM), do Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Engov pode ser usado para o alívio de dores, combate a sintomas alérgicos e estimulo ao sistema nervoso central.

Problemas gastrointestinais

O hidróxido de alumínio presente no Engov é um componente com ação antiácida, capaz de combater azia e hiperacidez do estômago – sintomas que costumam aparecer após uma noite de exageros alcoólicos.

Dores

Aliada aos analgésicos, a cafeína contida em Engov estimula a atividade neural, aliviando dores de cabeça.

Alergias

Engov contém maleato de mepiramina, um anti-histamínico que ameniza os sintomas da alergia, reduzindo coceira, inchaço, vermelhidão, e age também como um antiemético, aliviando náuseas.

Ação esperada

Após a ingestão do comprimido, é esperado que os sintomas comecem a melhorar em aproximadamente 60 minutos.

É preciso ressaltar que, quando o indivíduo está com sintomas tão diversos, como em um estado de ressaca, deve tomar também outras providências para se sentir melhor. Por exemplo, aumentar a hidratação, se alimentar de forma equilibrada e procurar repousar o máximo possível.

Pode usar antes de ressaca?

Procurando atenuar o mal-estar causado por excessos alimentares e alcoólicos, muitas pessoas fazem uso de Engov antes mesmo de os sintomas surgirem, ou seja, antes de festas e outras ocasiões similares. Isso não é recomendado, visto que os remédios agem no organismo quando o problema já está instalado e nunca como prevenção.

Nesse caso, para evitar ressaca uma boa estratégia é intercalar bebidas com copos de água, procurar se alimentar bem e não misturar tipos diferentes de bebida na mesma noite.

Como tomar

O ideal é sempre seguir as orientações do médico e da bula do medicamento, que indica o uso de um a quatro comprimidos ao dia.

Efeitos colaterais

Engov é um remédio que, nas doses recomendadas, é considerado seguro.

No entanto, seus componentes podem apresentar efeitos adversos com o uso prolongado. Altas doses de ácido acetilsalicílico podem gerar necrose papilar renal, já o hidróxido de alumínio pode causar constipação intestinal e, por fim, quantidades extremas de cafeína promovem insônia e agitação.

O que acontece quando usado em excesso

A superdosagem pode causar sedação excessiva, tontura, agitação, tremores, náuseas e vômitos.

Contraindicação

Trata-se de um medicamento contraindicado para pacientes com histórico de alcoolismo ou aqueles que apresentarem hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

Também é contraindicado o uso com outras substâncias que deprimem o sistema nervoso central, como bebidas alcoólicas. Por conta da cafeína, Engov não é indicado para quem sofre com úlcera gástrica.

A ação estimulante da cafeína também impede o uso por grávidas.

O produto é não é recomendado em casos diagnosticados ou de suspeita de dengue.

Engov é indicado somente para maiores de 12 anos.

Cuidados

Assim como a maior parte dos medicamentos, exceto os que precisam ser conservados na geladeira, Engov deve ser mantido em temperatura ambiente, entre 15ºC e 30ºC, protegido da luz e da umidade.

“O produto deve ser mantido em sua embalagem original até o momento do uso, preservando sempre o número de lote, as datas de fabricação e a validade para que o paciente saiba até quando pode fazer utilização da droga. Trata-se de uma garantia de segurança”, indica o farmacêutico.

Para se certificar da veracidade do produto, o fabricante alerta para alguns aspectos importantes. Engov é um comprimido circular, plano, de duas camadas, sendo uma violeta e outra amarela. A camada violeta apresenta a gravação Engov e sulco mediano, já a camada amarela é lisa e uniforme. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento e, em caso de alterações, consulte o farmacêutico.

O Engov pode ser facilmente encontrado em farmácias por R$ 5 a R$ 20, valor que varia de acordo com a quantidade de comprimidos. É um remédio que pode ser adquirido sem receita médica.

 

Referências

Farmacêutico Leonardo Jun Otuyama, do Centro de Informações sobre Medicamentos (CIM), do Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Neo Química. Bula Engov. Disponível em: www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=3498632015&pIdAnexo=2585303