Cor da urina: saiba o que cada uma diz sobre sua saúde

11 de abril de 2018 ● POR Bruno Botelho dos Santos

Você já parou para reparar na cor da urina? O xixi que é considerado saudável tem uma coloração amarelada, e isso se deve às altas quantidades de urobilina em sua composição — que é uma substância formada pelo organismo em decorrência da degradação da hemoglobina (presente nas nossas hemácias, ou células vermelhas do sangue).

Mas a urina, na realidade, é 95% composta por água. O resto é feito basicamente da já citada urobilina, de ureia, ácido úrico, sal, toxinas e outras substâncias que precisam ser eliminadas do corpo.

Assim, chama a atenção quando a cor do xixi destoa um pouco do normal. Às vezes ela sai um pouco mais clara, às vezes um pouco mais escura, às vezes tem outra cor completamente diferente do amarelo. Mas você sabe o que isso significa?

Nem sempre uma alteração na coloração da urina indica que há algo de errado com seu organismo. Quando ela vem mais escura do que o normal, por exemplo, muitas vezes pode ser somente um sinal de desidratação.

Mas é importante ficar atento à frequência com que ocorre essas alterações de cor e, obviamente, na própria cor que aparece dentro do vaso sanitário. Também pode ser um sinal de que uma visita ao médico não cairia mal.

O que significa uma alteração na cor da urina?

A aparência da urina pode sofrer alterações por causa do consumo de alguns alimentos, bebidas (desidratação, principalmente) e até mesmo doenças. Somente um médico pode ajudar a esclarecer exatamente as causas para o que chamamos aqui de “xixi diferente”.

Por isso, é sempre bom ter em mente que não se pode fazer um diagnóstico com base apenas na cor da urina, por mais destoante que ela possa estar. Cada caso é um caso e, portanto, deve ser tratado dentro de suas particularidades.

Confira abaixo o que pode estar por trás de cada coloração diferenciada no xixi:

Urina transparente

Isso acontece geralmente quando o consumo de água está bem elevado, ou até mesmo exagerado em comparação a o que o organismo precisa de fato. Os rins, então, acabam retirando esse excesso da circulação sanguínea e expelindo pelo xixi.

Urina amarelo claro

Essa é considerada a cor normal da urina. Significa que você está bebendo a quantidade certa de água e que não há indícios de nenhum outro problema de saúde — dentre os que poderiam ser denunciados por meio da urina, é claro.

Urina escura

Urina amarela escura, isto é, com um tom de amarelo muito forte geralmente indica que você está bebendo pouca água em relação ao recomendado por dia. Assim, sem ter muito o que filtrar, os rins acabam produzindo uma quantidade menor de urina e, portanto, com concentração mais elevada de ureia e urobilina.

Se você for ao banheiro e perceber que seu xixi está mais escuro do que o normal, não há razão para se preocupar. Pelo menos por enquanto. Beber pouca água pode levar a problemas de saúde no longo prazo, pois aumenta os riscos de desidratação do organismo e eleva as chances de desenvolver problemas no rim, como o cálculo renal.

Urina muito escura também costuma aparecer em casos de hepatite, com a coloração podendo chegar até próxima ao preto. Assim, é bom ficar de olho.

Urina cor de mel ou âmbar (tom entre o acastanhado e o amarelado)

Essa cor indica, geralmente, que a desidratação do organismo está mais elevada e, portanto, exige maior atenção. Nestes casos, recomenda-se que a pessoa beba uma maior quantidade de água todos os dias e faça disso um hábito.

Além de desidratação, uma urina cor de mel ainda pode significar algum problema no fígado. Desta forma, é bom ficar atento e ir ao médico fazer uma consulta para checar caso a coloração não volte ao normal após a regularização do consumo de água.

Urina laranja

Quando a urina está com a aparência alaranjada, pode indicar falta de água ou ser causada pelo uso de remédios e suplementos vitamínicos. Uma das causas também pode ser a pigmentação de alguns alimentos, como é o caso da cenoura e da abóbora.

Quando essa cor da urina acaba persistindo por mais tempo, pode indicar que o organismo está sofrendo de algum problema na vesícula ou de alguma doença no fígado. Nestes casos, vale conversar com um especialista.

Urina azulada ou esverdeada

Imagine a sensação de ir ao banheiro e se deparar com uma urina azul ou verde? Pois é, isso pode acontecer, embora não seja tão comum.

Geralmente, essas cores aparecem por causa de alguma comida, do uso de alguns medicamentos específicos ou até mesmo de alguma infecção bacteriana.

Alguns remédios, quando excretados na urina, acabam misturando as cores e ficando com tonalidades mais azuladas ou esverdeadas.

Urina vermelha (rosada/avermelhada)

Esse tom pode aparecer por causa da pigmentação de algumas comidas, como a beterraba. Caso o problema permaneça, no entanto, pode ser que tenha algo mais grave por trás.

Geralmente, problemas na vesícula, na próstata, no fígado, rins, infecções e alguns tipos de tumor podem modificar a cor da urina e torná-la mais avermelhada. É sempre bom estar atento a este sinal.

A cor vermelha ainda ser decorrente da presença de sangue no xixi, que significa algum problema nos rins, na bexiga ou no próprio sistema urinário. Nestes casos, é fundamental consultar um urologista.

Outras alterações na urina

Além de alterações na tonalidade, a urina ainda pode apresentar algumas outras mudanças em suas características. Tal como a cor, essas alterações também podem estar relacionadas com a saúde da pessoa. Confira:

Urina espumosa

Urina espumosa nem sempre indica que há algo de errado, mas quando ocorre também uma alteração na cor (ficando mais escura, por exemplo), talvez seja hora de procurar um médico.

Quando a urina está muito espumosa, pode ser um sinal de que o organismo está com excesso de proteínas nas dietas ou até mesmo de algum problema renal grave. Este último caso, porém, requer outros exames para ser diagnosticado.

Urina com odor forte

Que a urina não apresenta odor agradável todos sabem, mas é evidente a diferença entre o odor apresentado pela urina quando o organismo está em estado normal e quando o organismo pode estar com algum problema. Nestes casos, o cheiro costuma ser ainda mais forte.

Às vezes, pode ser um sinal de infecção. Mas, aqui, o problema só aparecerá realmente após um tempo e juntamente com outros sintomas. Então, quando a urina estiver com um odor muito forte (ruim), é importante que a pessoa tome bastante água para ver se o cheiro melhora. Se não houver normalização, você deve procurar um médico.

Dor ou ardor ao urinar

Normalmente, quando a pessoa sente qualquer dor ao urinar, isso está relacionado com infecção urinária ou algum problema na saída do xixi pela uretra, como uma uretrite.

Mas diversos outros problemas podem estar relacionados com essas dores, até mesmo problemas não infecciosos.

Álcool, irritação causada por algum tipo de alimento ingerido, cafeína, endometriose, contração involuntária do esfíncter e até mesmo tumores na bexiga e uretra podem estar por trás.

 

Importante: antes de qualquer coisa, é sempre fundamental consultar um médico para que, se necessário, sejam feitos novos exames.