Benefícios do ômega-3: importância para o coração e cérebro

26 de junho de 2014

|

POR Redação

Os benefícios do ômega-3 são enormes, principalmente para os atletas, sejam eles profissionais ou amadores. E para ressaltar ainda mais as suas qualidades, novos estudos apresentados em publicações médicas como o “Journal of Neurosurgery” e o “American Heart Journal”, mostram que o DHA, um dos tipos de lipídios do ácido, possuem funções medicinais importantes para o cérebro e o coração.

Vamos descobrir qual sua relação com o cérebro e o coração, além dos benefícios do ômega-3.

O que é o ômega-3?

O ômega 3, ácido graxo, é nada mais que um tipo de gordura insaturada com ligações duplas na cadeia de hidrocarbonetos. É essencial para o organismo, já que é um tipo de gordura que o organismo consegue produzir, devendo ser obtida através de suplementos especializados ou da própria alimentação.

Por esse motivo, elas são essenciais e deve-se buscar uma dieta em que ela esteja presente, para que qualquer deficiência do nutriente seja evitada. Obviamente é muito benéfica, as gorduras são importantes e fundamentais fontes de energia, já que influenciam e ajudam o intestino na absorção de vitaminas lipossolúveis, como a vitamina A, vitamina D, vitamina E e vitamina K.

Benefícios do ômega-3

  • Pode ajudar a perder peso;
  • Tem ação anti-inflamatória;
  • Controla a insulina;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Contribui para uma boa qualidade na pele;
  • Ajuda no controle do colesterol, triglicérides e pressão arterial;
  • Acelera o metabolismo;
  • Protege o coração, promovendo a saúde cardiovascular;
  • Previne o câncer;
  • Protege a retina;
  • Melhora o desempenho cognitivo;
  • Ajuda contra a depressão;
  • É anti-inflamatório natural.

O DHA é importante em todas as fases da vida, incluindo gravidez e infância. Este lipídio mantém o coração saudável, fundamental para o rendimento do atleta, e ainda reduz a inflamação, as lesões nos músculos e as dores provenientes da prática de exercícios.

Estudos realizados com atletas de elite sugerem o benefício do DHA na melhora da resposta neuromotora, já que ele é o lipídio de cadeia longa mais abundante no cérebro e um nutriente estrutural fundamental para o desenvolvimento das funções cognitivas. Portanto, ele poderia servir para o tratamento de contusões. Em testes com animais, por exemplo, foi verificado que o DHA protegeu o cérebro ao reduzir uma lesão axonal, inflamação e morte de células.

Já em estudos clínicos, o ômega 3 ajudou a reduzir o ritmo cardíaco em repouso e durante o exercício. O DHA também aumentou o volume sistólico, o rendimento cardíaco e a distribuição do fluxo de sangue e de oxigênio para os músculos.

Por fim, o estudo mostrou a capacidade do DHA em neutralizar a inflamação induzida pelo exercício ao reduzir os marcadores sanguíneos e danos musculares. O lipídio também reduz os níveis de dor, melhora a amplitude de movimento e reduz a circunferência do braço e da coxa.

De acordo com a nutricionista Roberta Stella, as principais fontes de gordura ômega-3 são os peixes (sardinha, salmão ou atum). Confira a seguir algumas sugestões de pratos.

Salmão ao mascavo com purê de couve-flor

Ingredientes
Peixe
– 4 files de salmão
– 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
– Sal e pimenta do reino a gosto

Purê de couve-flor
– 1 cabeça de couve flor (só as flores)
– 1 xícara (chá) de leite desnatado
– 1 colher (sopa) de manteiga sem sal
– 1 colher (sopa) de farinha de trigo
– Sal e noz-moscada a gosto

Pesto de manjericão
– ¼ xícara (chá) de manjericão
– ¼ xícara (chá) de azeite de oliva
– 2 colheres (sopa) de nozes
– Sal a gosto

Modo de preparo
Para o peixe: tempere o salmão com o açúcar mascavo, o sal e a pimenta do reino. Leve para grelhar.
Para o pesto: bata todos os ingredientes no liquidificador ou triturador.
Para o purê: cozinhe em uma panela a couve-flor junto com o leite, até amolecer. Adicione a manteiga e a farinha, aos poucos, mexendo bem. Tempere com o sal e a noz-moscada. Sirva com os filés grelhados, regados com o pesto.

Rendimento: 4 porções (180g/porção)
Total de pontos por porção: 11
Valor calórico e nutricional (por porção)
Calorias: 348,4 Kcal
Carboidratos: 19,3 g
Proteínas: 24,8 g
Gorduras: 19,6 g

Sardinha crocante assada 

Ingredientes
– 700g de sardinhas limpas
– Suco de ½ limão
– Sal a gosto
– 1 xícara (chá) de farinha de milho
– Salsa e orégano a gosto
– Pimenta vermelha picada a gosto
– Raspas de 1 limão
– 2 claras para empanar
– Margarina para untar

Modo de Preparo
Tempere as sardinhas com o suco de limão e o sal. Em uma tigela, misture a farinha, a salsa, o orégano, a pimenta e as raspas de limão. Para empanar, passe a parte de dentro da sardinha na clara e envolva-a na farofa. Não empane a parte da pele. Distribua em uma assadeira untada com um pouco de manteiga com a parte da pele virada para baixo. Asse em forno médio, aproximadamente 180°C, durante 20 minutos ou até dourar. Sirva.

Rendimento: 6 porções (100g/porção)
Total de pontos por porção: 5
Valor calórico e nutricional (por porção)
Calorias: 193,8 Kcal
Carboidratos: 11,5 g
Proteínas: 26,7 g
Gorduras: 4,0 g