4 causas da dor nas costas em mulheres

18 de abril de 2018 ● POR Nossos Doutores

De todos os tipos de dor nas costas existentes, a lombalgia (ou simplesmente dor lombar) é um dos mais frequentes. Isso porque diferentes fatores podem estar por trás do problema, desde uma questão simples de postura até uma doença reumática mais grave.

Quando falamos de dor nas costas em mulheres, porém, outras causas devem entrar na listinha de possibilidades, já que algumas particularidades femininas podem favorecer o surgimento de dores na região.

No entanto, a fisioterapeuta Adriana Benitte, parceira do portal Nossos Doutores, esclarece que a dor nas costas não é exclusividade de nenhum grupo. “Ela atinge tanto homens quanto mulheres, mas mulheres precisam ficar atentas e tomar alguns cuidados extras para evitar episódios frequentes de dor nas costas”, afirma.

Mas, afinal, quais seriam essas particularidades? Vamos a elas:

O que está por trás da dor nas costas em mulheres?

1. Gravidez

É comum que a mulher ganhe peso durante a gestação. Conforme o bebê vai se desenvolvendo dentro da barriga, inclusive, a lordose também tende a aumentar.

Toda essa “sobrecarga” provoca um desconforto que inevitavelmente vai perdurar até o final do novo mês. Depois do parto, porém, a expectativa é de que as dores nas costas ocorram cada vez menos.

2. Osteoporose

A osteoporose é uma doença dos ossos que pode afetar tanto homens quanto mulheres, mas um de seus principais gatilhos é a menopausa — período que antecede a última menstruação da mulher.

Na realidade, o próprio envelhecimento natural leva a uma perda óssea considerável, que muitas vezes acaba provocando osteoporose. Nela, os ossos ficam frágeis e mais sujeitos a fraturas.

Após passarem pela menopausa, mulheres apresentam uma queda em seus níveis de estrogênio, o que pode ajudar a deixar os ossos ainda mais fragilizados. Como consequência disso, aumenta-se a propensão a faturas de vértebras lombares, que podem deixar um quadro crônico de lombalgia como sequela.

3. Seios volumosos

Sim, mulheres com seios mais volumosos devem ficar atentas à saúde de suas costas. Isso porque o peso pode fazer a coluna ficar constantemente mais curvada para frente, o que costuma provocar dores na região.

Hoje, já existem sutiãs que ajudam a evitar a dor lombar nestes casos, mas eventualmente pode ser necessário recorrer a uma cirurgia de redução das mamas.

4. Acessórios

Saltos altos, superiores a 4 centímetros e usados diariamente, podem causar encurtamento da panturrilha e dores nas costas devido à má postura.

Bolsas pesadas, quando carregadas num único ombro, sobrecarregam a coluna, facilitando as contraturas, e podem até mesmo levar ao aparecimento de hérnias de disco.

O que dizem os especialistas?

A fisioterapeuta Adriana Benitte explica que “quando o corpo sofre uma mudança repentina – como ocorre no caso de uma gravidez ou um implante de seios – altera-se o equilíbrio e o centro de gravidade do corpo”.

De acordo com a especialista, essas condições requerem que a paciente seja bem orientada a observar sua postura, a fim de justamente evitar dores na coluna cervical, torácica e lombar.

 

 

 

Este texto foi produzido pela equipe do Nossos Doutores, parceiros do Ativo Saúde.