Saiba como calcular o período fértil

09 de fevereiro de 2018 ● POR Patrícia Beloni

Calcular o período fértil é bem simples. Antes de mais nada, é preciso conhecer o seu ciclo menstrual. Depois, o segredo é ficar atenta a alguns sinais que o corpo dá.

Mas é comum ter dúvidas sobre os dias mais férteis do seu ciclo. Segundo o ginecologista Thomas Moscovitz, da Faculdade de Medicina da USP, uma das dúvidas mais comuns é se o período fértil vem antes ou depois da menstruação. Ele garante: vem antes.

“O período fértil geralmente acontece na metade do ciclo menstrual, que engloba cerca de dois a três dias antes da ovulação e dois a três dias após a ovulação”, explica ele. “Nesta fase, o espermatozoide ainda pode estar dentro do corpo da mulher e o óvulo estar sendo conduzido pela tropa”.

Como calcular o período fértil

1º – Conheça a duração do seu ciclo menstrual

Entender como funciona o seu ciclo menstrual é o primeiro passado para calcular o período fértil. Para saber quanto tempo dura o seu ciclo, comece a contar a partir do primeiro dia da menstruação até o primeiro dia da próxima menstruação.

Ciclo de 28 dias

Se o seu ciclo for de 28 dias, a ovulação deve acontecer no 14º dia. Então, o período fértil será do 11º ao 17º dia do ciclo. Viu como é simples?

Ciclo de 30 dias

Já em um ciclo de 30 dias, a ovulação geralmente ocorre no 16º dia após o primeiro dia da menstruação — e 14 dias antes da próxima menstruação. Portanto, o período fértil vai do 13º ao 19º dia do ciclo.

Ciclo irregular

Mas e se o ciclo menstrual for irregular, não tem como calcular? Tem, sim. Geralmente, ciclos irregulares recebem este nome porque o tempo entre a primeira menstruação de um ciclo e o primeiro dia do próximo ciclo varia de mês a mês.

No entanto, é possível fazer uma média e realizar os mesmos cálculos a partir dela. Mas é importante também não confiar cegamente neste cálculo.

Nestes casos, se quiser engravidar, a melhor coisa é procurar um profissional da área. Mas se a intenção for prevenir, então o melhor é não abandonar os métodos contraceptivos — e inclusive a camisinha, que é essencial para ajudar a se proteger de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

2º – Fique atenta aos sinais do período fértil no corpo

Durante a ovulação, o corpo apresenta algumas alterações físicas que podem ser sentidas ou identificadas por meio de alguns sinais específicos. Vale lembrar que cada mulher tem um organismo diferente e cada uma reage de um jeito. No geral, porém, existem alguns sintomas que muitas mulheres compartilham.

Mas quais são os sinais mais comuns do período fértil?

  • Na ovulação, ocorre um pico de testosterona (hormônio masculino) no organismo da mulher, por isso é comum sentir um aumento da libido. Além disso, também ocorre um aumento dos feromônios, o que também faz com que você se sinta mais estimulada a ter relações sexuais;
  • O aspecto do muco da vagina é outro fator que fica alterado durante o período fértil. Ele se torna mais claro e menos espesso;
  • Outro sintoma é o aumento da temperatura basal, que fica mais alta neste período. Para medir, é só colocar o termômetro na boca ao acordar. O ideal é acompanhar a temperatura ao longo dos dias pra se ter uma base. Na ovulação, é comum que ela suba cerca de 1ºC.
  • Algumas mulheres ainda podem sentir dor abdominal um pouco abaixo do ventre, que muitas costumam chamar de “dor do meio”. Ela ocorre porque, ao ovular, ocorre a liberação de um líquido que vai para a barriga da mulher, podendo causar alguns incômodos na região.

É possível engravidar fora do período fértil?

Caso a mulher tenha um ciclo de menstruação regular, é muito difícil engravidar fora do período fértil. Da mesma forma, também é natural que quem tem um ciclo mais desregulado tenha um pouco mais de dificuldade.

“Por isso, é necessário se informar muito bem em relação ao seu período fértil com seu médico”, aconselha o ginecologista.