6 maneiras de cozinhar ovo: conheça cada uma

Atualizado em 04 de setembro de 2018

|

POR Lucas Coelho

Extremamente comum na geladeira e nas refeições de qualquer um de nós, o ovo é um alimento muito versátil e muito usado como base de várias receitas. Mas há também formas de cozinhar ovo para ele ser, sozinho, uma refeição simples e rápida.

E convenhamos: ovo é muito fácil de preparar. Todos nós já sabemos como cozinhar ovo da forma como mais gostamos. Mas será que sabemos mesmo? Separamos abaixo maneiras diferentes das quais você pode lançar mão para preparar seus ovos e utilizá-los nas refeições. Confira!

6 maneiras de cozinhar ovo

1. Ovo cozido

  • Selecione a quantidade de ovos desejada;
  • Coloque 1 litro de água fria em uma panela funda e leve ao fogo;
  • Não espere a água ferver para colocar os ovos na panela. Aproveite a água fria e, em seguida, tampe a panela para que a água ferva mais rapidamente;
  • Comece a contar o tempo. Se quiser deixar a gema do ovo dura, deixe-o ferver por cerca de 7 a 10 minutos;
  • Se quiser a gema mole, deixe fervendo por aproximadamente 5 minutos;
  • Para fazer um ovo quente (com a gema bem mole), 3 minutos são suficientes;
  • Passado o tempo, desligue o fogo e despeje a água fervente na pia e deixe água fria cair sobre os ovos para esfriar um pouco a temperatura da casca;
  • Quando o ovo estiver um pouco mais frio e der para segurá-lo com as mãos, pegue uma faca e bata suavemente sobre a superfície do ovo para fazer uma rachadura;
  • Em seguida, vá retirando a casca com as mãos. Se a gema estiver mole, retire somente a parte superior da casca para não derramar;
  • Pronto! Seu ovo cozido está feito e você já pode comê-lo.

Dica

Se você cortar um ovo cozido no meio, você poderá observar seu frescor dependendo da posição da gema. Quanto mais centralizada, mais fresco está o ovo.

Confira também: os benefícios do ovo para quem corre

2. Ovo frito

  • Pegue uma frigideira e ligue em fogo médio. Num fogo muito alto, a parte de baixo frita rapidamente enquanto o resto da clara e da gema ainda estão cruas. Já num fogo muito baixo, vai demorar mais do que o necessário para fritar;

Dica

Não é necessário utilizar óleo para fritar ovo, pois somente o calor da frigideira já basta. Se quiser utilizar alguma coisa, porém, você pode substituir o óleo por azeite ou manteiga light sem sal, que são opções mais saudáveis.

Em todos esses casos, basta uma quantidade muito pequena de óleo, azeite ou manteiga para que o ovo frite por inteiro;

  • Espere começar a fritar e feche a frigideira com uma tampa. Isso evita que você se queime, não suja o fogão e ainda ajuda o ovo a fritar por inteiro, tanto em cima quanto embaixo;
  • Em fogo médio, o ovo frito costuma demorar de 4 a 6 minutos para ficar pronto;
  • Se necessário, vire o ovo para que ele frite em cima também;
  • Fique atento à aparência do ovo para desligar o fogo quando a gema estiver no ponto desejado. Para que ela fique dura, é preciso fritar por um pouco mais de tempo;
  • Pronto! Com uma colher grande e furadinha, retire o ovo da frigideira e coloque no prato. Coma quentinho!

Dica

Você não precisa necessariamente fritar o ovo na frigideira. Mas se quiser, opte por aquelas frigideiras menores, pois elas evitam que o ovo cru se espalhe muito antes de começar a fritar.

Se não estiver com uma frigideira em mãos, você também pode utilizar fritadeiras de ferro, uma chapa ou mesmo uma panela convencional untada para evitar o grude.

3. Ovo mexido

O ovo mexido, acredite se quiser, pode ser preparado de diversas formas.

Para os mais “brutos”, basta quebrar o ovo numa frigideira e mexê-lo com uma colher de pau, até que fique no ponto desejado. Normalmente, com um fogo médio para alto, esse jeito irá propiciar aquele ovo mexido soltinho e sequinho, em grumos.

Se pretende servir algo mais cremoso, o jeito é utilizar um pouco de manteiga e misturar os ovos antes de colocá-los no fogo. Diversos países ao redor do mundo fazem o ovo mexido dessa forma, mas com pequenas variações que dão características diferentes.

Na França, por exemplo, o ovo pode ser feito em banho-maria, com um pouco mais de manteiga. Se quiser testar, vá mexendo e parando por aproximadamente seis minutos, obtendo quase um creme, ótimo para colocar em torradas.

Nos Estados Unidos, a diferença está no jeito de mexer: na frigideira, espere endurecer um pouco em baixo e, com uma espátula, puxe a borda para o centro. Repita isso algumas vezes por todo o ovo e tire do fogo antes de secar demais.

4. Omelete

Parece tão fácil fazer omelete. “É só quebrar o ovo, esperar e dobrar.”

Mas cuidado: é bom não menosprezar a omelete dessa forma. Especialmente por ser um prato tão simples e rápido, alguns cuidados a mais poderão fazer toda a diferença no final.

Use alguma frigideira não aderente ou algo do tipo, coloque no fogo médio com um pouco de azeite extravirgem e manteiga a gosto. Quebre os ovos num outro recipiente, adicione sal se preferir e misture-os. Quando o azeite já estiver quente e a manteiga derretida, despeje os ovos.

Nos primeiros segundos, você pode ir descolando as bordas da omelete para evitar que fique grudado. Após meio minuto, irá notar uma camada um pouco mais dura embaixo e a parte de cima ainda mais crua. Agora é o momento de adicionar o queijo e outros recheios – pode inventar o que quiser.

Em cerca de dois minutos, provavelmente sua omelete estará boa para ser dobrada com uma espátula. Para ter certeza, pegue a frigideira e dê aquela mexida de chef, vendo se o ovo inteiro desliza como algo uniforme. Não espere a parte de cima do ovo secar, pois isso quer dizer que passou do ponto.

Depois de dobrado, tire do fogo e é isso. Basta servir e comer ainda quente.

5. Ovo assado

Assar os ovos no forno é menos comum no Brasil, mas vale a pena testar em casa. Primeiro, pré-aqueça o forno a uma temperatura entre 160° e 190°. Então, pegue uma tigela pequena que possa ir no forno, unte-a e quebre o ovo dentro, cuidando para manter a gema intacta.

Esse preparo permite ser mais criativo. Antes de despejar o ovo, você pode colocar cebola e tomate na tigela, ou cogumelos, por exemplo. Depois, ponha sal, pimenta, queijo, o que quiser — há receitas, inclusive, que sugerem um pouco de leite ou creme de leite.

O ovo deverá permanecer no forno entre 12 a 20 minutos. Novamente, vai depender de como você prefere sua gema.

6. Ovo poche (ou pochê)

Provavelmente o jeito mais inusitado no Brasil, o ovo poche é muito utilizado em cafés da manhã na América do Norte. Sua receita é um pouco diferente, mas nada muito complexo.

Tenha o ovo quebrado em uma vasilha antes de começar. Se for fazer mais de um, não misture! É importante também que o ovo esteja fresco.

Ponha água para ferver numa panela. Assim que ela começar a dar sinais de que vai entrar em ebulição, com as primeiras bolhas aparecendo, tire do fogo. Espere a água acalmar, despeje o ovo e deixe-o lá. Por mais que pareça que a clara se espalhou, ela irá firmar em volta da gema.

Após três minutos, você poderá retirar o ovo. Um ovo poche perfeito terá a clara bastante firme e a gema derretida por dentro.

Como saber se o ovo está fresco

Antes de tudo, precisamos saber se o ovo não está estragado. E descobrir isso é muito fácil: se tiver passado muito do ponto, assim que você quebrá-lo vai sentir um cheiro muito ruim e característico. Geralmente, além do odor, é possível perceber que um ovo está estrago pela coloração estranha e clara mais líquida.

Mas é possível saber se o ovo está bom mesmo sem quebrá-lo. Uma alternativa é agitar com as mãos. Ovos frescos não devem fazer barulho ou passar a sensação de que algo está chacoalhando dentro.

Contudo, o jeito mais certeiro mesmo é mergulhar o ovo em um copo de água fria. Se ele estiver no ápice de seu frescor, irá aterrissar de lado no fundo do recipiente. Se estiver de pé e com a parte mais larga para baixo, já passou do seu melhor momento, mas ainda está bom.

Após algumas semanas na geladeira, ele pode afundar de pé, mas com a parte mais fina para baixo. Isso significa que não está mais fresco, mas ainda pode ser consumido.

Se o ovo boiar, desista. Não precisa nem abrir para saber que está estragado.

Gostou dessas formas de cozinhar ovo? Você pode usar e abusar da criatividade para deixar suas receitas que levem ovos ainda mais saborosas.