Estudo explica porque você deve tomar remédios para pressão alta à noite, e não pela manhã

Atualizado em 24 de outubro de 2019

|

Um estudo espanhol vai de encontro à recomendação médica de tomar remédios para pressão alta pela manhã ao mostrar que a ação dos medicamentos pode ser melhor à noite. De acordo com a pesquisa, pessoas que ingerem as drogas antes de dormir apresentam risco menor de acidente vascular cerebral (AVC), infarto, insuficiência cardíaca e cirurgia de ponte de safena.

A explicação dos especialistas tem relação com o relógio biológico do corpo que altera a resposta ao medicamento. Entenda:

Remédio para pressão alta à noite é melhor que de manhã

A pesquisa, publicada no European Heart Journal, é a maior já feita para avaliar a ação de remédios para pressão alta, visto que contou com a participação de mais de 19 mil pessoas.

Os pacientes foram divididos aleatoriamente em dois grupos: um tomou as pílulas pela manhã e outro na hora de dormir. O efeito da droga sob a pressão arterial foi monitorado por aproximadamente seis anos, assim como outros fatores de risco. No período, foram registrados 1.752 eventos cardiovasculares.

Os pacientes que tomaram os medicamentos à noite tiveram redução significativa do risco de doenças relacionadas à hipertensão, como 49% menos chance de ter AVC,  44% de redução do risco de ataque cardíaco e probabilidade 42% menor de insuficiência cardíaca.

Mais eficácia à noite

A explicação mais provável para o fenômeno é que a pressão arterial diminui naturalmente à noite pelo descanso e sono. Caso isso não aconteça, há risco elevado de problemas cardiovasculares. O uso da medicação antes de dormir colabora com o controle no período noturno, mas também durante o dia.

“As diretrizes atuais sobre o tratamento de hipertensão não recomendam um horário de ingestão, mas médicos de todo o mundo indicam ingerir o remédio ao acordar, com base no objetivo enganoso de reduzir os níveis de pressão arterial matinal”, afirma o pesquisador Ramon Hermida, da Universidade de Vigo.

Além disso, a indicação de ingestão do medicamento pela manhã pode ser explicada pelo fato de anti-hipertensivos terem efeito diurético, ou seja, aumentam a vontade de fazer xixi, o que pode gerar despertares noturnos.

Embora o estudo apoie descobertas anteriores nessa área, são necessárias mais pesquisas para realmente provar que tomar remédios para pressão arterial à noite é realmente benéfico para a saúde cardiovascular.