Mamma Bruschetta descobre câncer no esôfago em exame de endoscopia

Atualizado em 25 de outubro de 2019

|

A apresentadora Mamma Bruschetta, de 70 anos, que é personagem do ator Luís Henrique Benincasa, está com câncer no esôfago. Ela revelou a doença em ligação ao vivo no programa Fofocalizando, do SBT.

Atualmente afastada da televisão para cuidar da saúde, Mamma contou que o quadro foi descoberto durante a realização de exames preparatórios para a cirurgia bariátrica. Saiba mais sobre o caso.

Mamma Bruschetta com câncer no esôfago

Mamma se afastou do programa Fofocalizando – que apresentava ao lado de Leão Lobo, Décio Piccinini e Lívia Andrade – para, principalmente, realizar cirurgia bariátrica. Um dos exames requisitados para o procedimento foi uma endoscopia e, nela, foi descoberto o câncer no esôfago.

“Por ter sido descoberto de repente, o câncer está bem pequeno. Apenas com 20 milímetros”, explicou Mamma ao Fofocalizando. Segundo o oncologista Artur Malzyner, é comum descobrir o câncer de esôfago durante o exame de endoscopia, sem que haja suspeita prévia, já que a doença está associada à obesidade, ao refluxo e a outros problemas que demandam o exame.

Por estar em estágio inicial, o tumor de Mamma será removido também pela endoscopia, portanto não será necessária cirurgia aberta, quimioterapia ou radioterapia.

A apresentadora se revelou otimista: “É uma doença chata, mas estou muito viva e esperançosa”.

O que é câncer no esôfago?

É um tumor que afeta as células que formam o canal do esôfago, órgão cuja função é carregar a comida da boca até o estômago.

Uma de suas causas é o refluxo, doença relacionada à disfunção da válvula que evita que a comida volte do estômago para o esôfago. Com o aumentar do refluxo, o esôfago recebe conteúdo de natureza diferente da que está acostumado, o que gera queimação e, em longo prazo, câncer.

A obesidade é um dos principais fatores para câncer de esôfago, já que provoca refluxo. Além disso, o uso excessivo de bebidas alcoólicas e tabaco podem contribuir com o quadro.

Sintomas

Quando o câncer de esôfago está em estágio inicial, não apresenta sinais. Com sua progressão, os principais sintomas são:

  • Refluxo gastroesofágico
  • Queimação e azia
  • Dificuldade e dor para engolir, conforme o câncer cresce e obstrui a passagem do alimento 
  • Náuseas e vômitos 
  • Perda de apetite

Detecção precoce ajuda como?

A detecção precoce aumenta probabilidade de cura. Segundo o oncologista Artur Malzyner, quando o câncer está só no esôfago, a chance de cura é de 50%. Ao passar para outros órgãos, ela cai para praticamente zero.

O diagnóstico ocorre, assim como no caso de câncer de Mamma Bruscheta, por endoscopia digestiva e biopsia dos tecidos.

 

View this post on Instagram

Vídeo de esclarecimento. ❤🙏

A post shared by Mamma Bruschetta (@mammabruschetta) on

 

 

Fonte

Oncologista Artur Malzyner, consultor científico da CLINONCO (Clínica de Oncologia Médica) e médico oncologista do Hospital Israelita Albert Einstein – CRM 20456