Intervalo entre gestações: quanto esperar para engravidar de novo?

01 de novembro de 2018

|

POR Bruno Botelho dos Santos

Segundo uma pesquisa da Universidade da Colúmbia Britânica e da Escola de Saúde Pública da Harvard, o período ideal entre uma gestação e outra deve ser 12 a 18 meses. O curto intervalo está associado ao aumento dos riscos de problemas para grávidas e bebês. Saiba mais sobre o estudo:

Curto intervalo entre gestações apresenta riscos

Em um estudo publicado no JAMA Internal Medicine os pesquisadores descobriram que engravidar em menos de 12 meses após a última gestação está associado a riscos para mulheres de todas as idades.

Para a pesquisa, os cientistas examinaram os riscos para mães e bebês associados ao intervalo de gravidez. Foram analisadas 148.544 gestações na Colúmbia Britânica, no Canadá.

Riscos para as mães e filhos

Nos casos em que as mulheres tinham mais de 35 anos e engravidaram seis meses depois do nascimento anterior, os pesquisadores descobriram risco de 1,2% (12 casos por 1.000 gestações) de mortalidade materna ou morbidade materna grave – complicações raras na gravidez, trabalho de parto e parto que ameaçam a vida.

No entanto, o intervalo de 18 meses entre as gestações reduziu esse risco para 0,5% (5 casos por 1.000 gestações).

Risco para os bebês

Para as mulheres mais jovens cujo intervalo entre gestações foi de seis meses, há chance de 8,5% (85 casos por 1.000 gestações) de parto prematuro espontâneo antes de 37 semanas de gravidez. Nos casos em que esperaram 18 meses, o risco caiu para 3,7% (37 casos por 1.000 gestações).

Nas mulheres acima de 35 anos, o risco de parto prematuro espontâneo foi de cerca de 6% (60 casos por 1.000 gestações) no intervalo de seis meses e 3,4% (34 casos por 1.000 gestações) em 18 meses.

Conclusão

Portanto, o risco para mulheres cujo intervalo entre gestações foi curto é maior para idades acima de 35 anos, já os riscos fetais são prevalentes em grávidas mais jovens.

O estudo, inclusive, reduz o recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) atualmente, em que o intervalo ideal entre as gestações é de 24 meses, sendo o período mínimo de 18 meses.

A pesquisa é a melhor avaliação sobre como o intervalo de gestação é afetado pela idade materna e sua relação com a  mortalidade materna ou morbidade grave.

“Os riscos elevados se devem ao fato de os corpos femininos não terem tempo de recuperação suficiente em intervalos curtos entre gestações”, esclarece Sonia Hernandez-Diaz, professora de epidemiologia na Escola de Saúde Pública de Harvard.

A recomendação é melhorar a utilização de métodos contraceptivos ou não ter relações sexuais desprotegidas com um parceiro masculino após um parto.

Essas descobertas são fundamentais para mulheres com mais de 35 anos que planejam suas famílias, já que podem buscar o intervalo ideal entre gestações para reduzir os riscos de complicações.