Dormir com luz acesa ou TV ligada engorda, descobre estudo

19 de julho de 2019

|

POR Bruno Botelho dos Santos

Estudo realizado pelo Instituto Nacional de Ciências da Saúde Ambiental (NIEHS), do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH), mostra que exposição à luz artificial durante o sono à noite está associada a aumento de peso. Entenda:

Dormir com luz artificial engorda

O estudo, divulgado no JAMA Internal Medicine, analisou dados de 43.722 mulheres entre 35 e 74 anos de idade durante cinco anos e sete meses. Elas foram questionadas se dormiam com luzes apagadas, com uma pequena luz noturna, com luz do lado de fora do cômodo ou televisão ligada. Além disso, foi medido peso, altura e circunferência da cintura e do quadril, além do índice de massa corporal (IMC).

Foi descoberto que mulheres que dormem com luz ou televisão eram 17% mais propensas a ganhar 11 quilos ou mais durante o período de acompanhamento.

Dormir com luzes apagadas ou com uma pequena noturna não foram situações associada ao ganho de peso. Além disso, a associação com a luz externa ao cômodo foi modesta, enquanto a artificial foi significativamente associada a sobrepeso e obesidade.

Os autores não conseguiram explicar as razões do fenômeno ou descartar outros fatores que podem estar relacionados à luz artificial durante à noite.

A pesquisa fornece evidências de que a exposição à luz artificial durante o sono pode ser um fator de risco para ganho de peso, sobrepeso e obesidade e sugere que sua redução possa ser útil na prevenção da obesidade.