Doença de Yudi impede locomoção e causa fortes dores: entenda

25 de abril de 2019

|

POR

O apresentador e dançarino Yudi Tamashiro, conhecido por estrelar o programa Bom Dia & Cia de 2005 a 2012, tem sofrido fortes dores desde o início de abril após lesionar o nervo ciático.

Aos 26 anos, ele relatou o ocorrido nas redes sociais e, inclusive, chegou a publicar vídeo em que aparece de muletas.

Saiba mais sobre o estado do artista e entenda quando o quadro pode se manifestar:

Lesão no nervo ciático de Yudi

Em postagens no Instagram, o apresentador explicou que desenvolveu a inflamação no nervo ciático por exagerar nas atividades físicas.

Yudi chegou a ficar em repouso devido às fortes dores na região, precisando até de auxílio de muletas para se locomover.

“Já faz mais de uma semana que não faço aquilo que mais amo na vida, que é DANÇAR. Estou andando de muleta e sinto dor 24 horas por dia”, escreveu nas redes sociais.

O que causa inflamação no nervo ciático?

O nervo ciático inflama ao sofrer alguma agressão, compressiva ou traumática, como exercício físico em excesso, queda de grande altura, má postura, movimentos repetitivos, atropelamento ou até mesmo hérnia de disco.

O sintoma mais comum é uma dor que engloba todo o trajeto do nervo, o qual começa nas nádegas e se estende até a ponta do pé.

É normal ter a condição na juventude?

A inflamação do nervo ciático é mais comum em pacientes acima de 40 anos. Segundo o ortopedista André Evaristo, especialista em cirurgia de coluna do Hospital Sírio-Libanês, praticamente toda a população acima de 65 anos irá sofrer algum grau de degeneração ou desgaste de disco da coluna que poderá acarretar dor no nervo ciático.

Contudo, o problema também pode afetar pessoas mais novas, como Yudi, normalmente a partir de algum trauma.

Como é o tratamento?

A gravidade do quadro de inflamação no nervo ciático é totalmente variável e deve ser avaliada individualmente.

A fase aguda da doença pode ser tratada com:

  • Repouso
  • Anti-inflamatórios
  • Analgésicos
  • Relaxantes musculares

Posteriormente, fisioterapia, reeducação postural global (RPG) e fortalecimento muscular complementam o tratamento.

Nos casos mais graves, é preciso passar por procedimento cirúrgico de urgência, que tem como objetivo descomprimir a estrutura do nervo, retirando a hérnia ou fazendo raspagem óssea. Em algumas situações, a implantação de parafusos e próteses é necessária.

Como prevenir?

A doença de Yudi pode ser prevenida pela adoção de hábitos saudáveis, como:

  • Manter peso saudável
  • Fazer atividade física regular
  • Fortalecer grupos musculares
  • Alongar-se com regularidade
  • Evitar carregar peso
  • Evitar lesões traumáticas
  • Evitar movimentos repetitivos
  • Manter boa postura

Fonte

Ortopedista André Evaristo, especialista em cirurgia de coluna no Hospital Sírio-Libanês – CRM 121391