Desidratação: doença de Fernanda Montenegro pode levar à morte

21 de fevereiro de 2019

|

POR Ligia Lotério

A atriz Fernanda Montenegro foi internada na capital fluminense após passar mal enquanto gravava cenas da nova novela das nove. De acordo com boletim médico divulgado pelo Hospital Samaritano a artista de 89 anos apresenta quadro de desidratação. Entenda mais sobre a condição:

Fernanda Montenegro é internada

A atriz apresentou queda de pressão na terça-feira (19), enquanto
gravava cenas para a nova novela das nove, A Dona do Pedaço, em Jaguari, no Rio Grande do Sul. Ainda na cidade gaúcha, foi levada ao Hospital Caridade e liberada após receber atendimento primário.

No mesmo dia, Fernanda pegou um avião com destino ao Rio de Janeiro. Já na capital, ela deu entrada no Hospital Samaritano por um quadro de desidratação e, desde então, permanece internada.

A atriz só recebeu alta na sexta-feira (22) após manter seu estado de saúde estável por alguns dias.

Desidratação: doença de Fernanda Montenegro

Desidratação é uma condição médica potencialmente grave que ocorre quando o organismo não tem quantidade de água e outros fluidos suficiente para realizar suas funções vitais.

Qualquer pessoa pode ficar desidratada, mas o quadro é especialmente perigoso em crianças pequenas e idosos.

Causas

A desidratação pode ocorrer por motivos simples, como não beber água suficiente, ou condições como diarreia, febre e excesso de micção.

Em crianças, a causa de desidratação mais frequente é diarreia, enquanto em idosos é a tendência natural de ter menor volume de líquido no corpo.

Sintomas

Os sintomas de desidratação variam de acordo com a intensidade do quadro. Quando leve ou moderado, pode haver:

  • Sede extrema
  • Boca seca
  • Micção menos frequente
  • Urina escura
  • Cansaço
  • Tontura

Em quadros severos, como o de Fernanda Montenegro, pode haver queda de pressão, taquicardia, irritabilidade, confusão, respiração rápida e febre.

Tratamento

A única maneira eficaz de tratar desidratação é repor a falta de líquido e eletrólitos por meio de solução oral – soro caseiro – ou intravenosa.

Ainda é recomendado aumentar o consumo de líquidos, especialmente água.

Fontes

NHS-UK. Dehydration. Disponível em: www.nhs.uk/conditions/dehydration