Spinning: benefícios da aula que emagrece e tonifica rapidamente

25 de março de 2019

|

POR Mariana Amorim

Imagine trabalhar coxas, bumbum e, de quebra, sistema cardiovascular em uma só modalidade. Parece coisa demais? Mas não é para o spinning. Trata-se de um exercício reconhecido mundialmente pela sua alta capacidade de torrar calorias e mudar o corpo, além de melhorar o condicionamento físico do praticante.

Academias espalhadas pelo País têm salas especializadas para aulas de spinning, em que bicicletas específicas integram um ambiente que simula um lugar divertido para pedaladas que podem durar até 50 minutos e queimar entre 300 a 600 calorias por hora, dependendo da intensidade dos movimentos.

Veja os benefícios dessa aula, bem como cuidados e mais.

O que é spinning?

Spinning é uma aula de ciclismo indoor.

Teve início no começo da década de 1990 por Johnathan Goldberg, radicado nos Estados Unidos. Ele era ciclista e fisiculturista e teria criado a modalidade para treinar para uma competição dentro de sua casa durante um inverno rigoroso.

Hoje, as aulas são sempre acompanhadas por um profissional de educação física que aponta quais estímulos o aluno deve seguir para elevar ou abaixar a frequência cardíaca. Alguns exemplos são pedir para pedalar mais rápido, pedalar em pé e subir a carga do equipamento.

Como é a bike de spinning?

A modalidade requer uma bicicleta própria que é muito veloz e tem carga regulável.

Ela é diferente da bicicleta estática, utilizada em salas de cardio de academias, visto que pode simular subidas e descidas com variação de carga e velocidade.

Como funciona?

As aulas de spinning ocorrem em horários pré-definidos, os quais geralmente podem ser consultados no quadro de horários da academia.

No início da aula, é indicado ajustar o banco da bike para altura do quadril e alinhar a base do guidão a ele. Quando começar a pedalar, certifique-se que os joelhos não estejam tocando o guidão, tampouco estendendo até o limite.

Vale lembrar que, no geral, as bikes de spinning estão disponíveis para praticantes usarem em quaisquer horários, independente das aulas.

Benefícios do spinning

Rodrigo Gusman conta que, assim como a maioria dos exercícios cardiovasculares, quem pratica spinning pode sentir inúmeros benefícios, tais como melhora da saúde do coração, redução do colesterol alto, da pressão arterial e controle do diabetes.

Queima de calorias

A aula de spinning é uma das mais famosas por auxiliar a perda de peso, isso porque em apenas uma hora é possível torrar até 700 calorias, além de garantir outros tantos benefícios aos corpo.

Trabalho de pernas

Para quem quer emagrecer sem perder as curvas, principalmente as das pernas e bumbum, a modalidade pode ser uma aliada.

Ao mesmo tempo em que é capaz de queimar calorias, também trabalha pernas e glúteos. No entanto, antes de praticar a modalidade é preciso estar em dia com o fortalecimento dos mesmos, por questão de equilíbrio dos movimentos.

Condicionamento físico

Quando um exercício físico exige bastante do sistema cardiorrespiratório, como é o caso do spinning, automaticamente ele estará estimulando o condicionamento do praticante e protegendo a saúde do coração, evitando assim doenças cardiovasculares como infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Spinning emagrece?

Sim e não. O spinning de fato queima muitas calorias a cada aula, mas para alcançar o emagrecimento é indicado associá-lo à alimentação saudável, controle do estado emocional e boa qualidade do sono.

Porém, ao que cabe ao spinning, ele é um ótimo aliado e pode sim agir como coadjuvante no emagrecimento, embora não seja milagroso.

Spinning x ciclismo: qual é melhor?

O spinning é uma modalidade que acontece dentro de uma sala de aula com uma bike estacionária e com um professor estimulando o tempo todo os alunos.

Já o ciclismo acontece ao ar livre, na rua ou na estrada, permite a simulação de uma competição com emprego de técnicas específicas. Também exige apurado senso de troca de marchas e recuperação de velocidade após curvas e subidas ou descidas.

Dadas as diferenças, não existe melhor ou pior. É preciso levar em consideração quais os objetivos e gostos do praticante e entender em qual exercício ele se sente melhor.

Quem não deve praticar?

O spinning é uma modalidade segura e controlada. Ele pode ser praticado por qualquer pessoa sem problemas de saúde impossibilitantes e com o mínimo de condicionamento físico.

Além disso, por sempre ter um professor em sala de aula, é possível adaptar os exercícios de acordo com as limitações de cada um.

Preço

As aulas de spinning geralmente são oferecidas dentro de pacotes de academias, por isso não é comum comprar aulas avulsas. Os valores variam de R$ 50 até R$ 700 reais, a depender do estabelecimento.

Fonte

Rodrigo Gusman, gerente de ginástica da Cia Athletica Anália Franco. CREF 16052-G/SP