Perder peso ou queimar gordura: o que você quer?

15 de janeiro de 2018

|

POR Redação

Toda segunda-feira é igual. Acaba o domingo e vêm aquele pensamento clássico: “acho que exagerei no final de semana”. Não à toa, segunda é o dia oficial de começar dietas para perder peso. Mas é aí que está erro.

Muitas pessoas, por se sentirem acima do peso ideal, acreditam que devem apostar em planos de emagrecimento que visam reduzir os números da balança. Mas você sabia que pode estar olhando a medida errada?

Perder peso X queimar gordura?

A balança engana, tanto para o bem quanto para o mal. Isso porque você pode estar com o peso acima do que gostaria ou até mesmo com o peso que sempre quis ter, mas se a sua taxa de gordura corporal estiver acima do aceitável ou ideal, então pode ter certeza: os números que indicam seu peso não significam muita coisa.

Mas como eu sei se meu peso está compatível com o que deveria ser de fato? É simples.

Para que o peso corpóreo esteja dentro de limites saudáveis, é importante que seja preservada a proporção correta entre o peso gordo (ou seja, a gordura corporal) e a sua massa magra (ou massa livre de gordura, a musculatura).

Abaixo, nós ensinamos como calcular a sua taxa de gordura corporal. Confira!

Taxa de gordura ideal

Para que a porcentagem de gordura em relação ao seu peso total seja avaliada, é possível lançar mão de diferentes metodologias, sendo que cada uma tem suas vantagens e desvantagens:

  • Mensuração de dobras cutâneas (método mais conhecido e utilizado por ser mais prático, simples, de menor custo e por apresentar alta compatibilidade);
  • Bioimpedância;
  • Ressonância magnética;
  • Tomografia computadorizada.

Utilize a tabela abaixo para saber qual a sua taxa de gordura ideal e qual o limite do aceitável de acordo com seu gênero e idade.

Tabela com os valores percentuais (%) aceitáveis de gordura corporal

                                     Homens                                  Mulheres

Idade

Aceitável

  Ideal

Aceitável

Ideal

< 30

13.0    

9.0

18.0

16.0

30-39

16.5

12.5

20.0

18.0

40-49

19.0

15.0

23.5

18.5

50-59

20.5

16.5

26.5

21.5

>60

20.5

16.5

27.5

22.5

Como medir corretamente a porcentagem de gordura?

Independentemente do método escolhido, é importante que você se atenha a apenas um método em todas as medições futuras, para que a comparação seja feita corretamente.

Isso é importante porque, uma vez que as metodologias adotam métodos de aferição diferentes, seus valores podem divergir e dar resultados bem diferentes e não compatíveis com a realidade.

Essas informações são válidas principalmente para que ninguém se torne um escravo da balança.

E para não existirem preocupações desnecessárias e nem frustrações, lembre-se sempre que, quando se inicia um programa de treinamentos após um período sem ter praticado atividade física, por exemplo, alterações normais do metabolismo podem levar a um aumento inicial do peso. Mas fique tranquilo, pois isso é esperado.

Outros fatores como aumento do volume sanguíneo e da densidade óssea e um eventual ganho de massa muscular também devem ser levados em conta.

Assim, ao serem analisados tanto o peso quanto a porcentagem de gordura corporal, é possível analisar com dados mais sólidos e confiáveis qualquer tipo de aspecto que deva ser melhorado, tanto no que diz respeito ao físico quanto à saúde como um todo.

Aliás, é muito comum entre nutricionistas e outros profissionais da saúde e educação física estabelecer metas para o paciente perder peso e queimar gordura dentro daquilo que ele realmente precisa para ser mais saudável.

Seu sucesso vai depender em grande parte da persistência e disciplina que você tiver no plano de emagrecimento e de treinamentos que receber.

E não se engane: a melhor forma de perder peso com saúde, e por meio da queima de gordura e redução do percentual de gordura corporal, não é com dietas milagrosas ou horas seguidas de treino na academia.

É necessário, sim, seguir um plano de emagrecimento adequado, mas que não seja restritivo e nem que prometa muitos quilos perdidos em pouco tempo. Da mesma forma, adianta nada comer bem e em quantidades adequada se você permanecer no sedentarismo. É preciso se mexer também.

As atividades físicas podem contar tanto com atividades aeróbias, como caminhada, corrida, ciclismo e natação, quanto com exercícios de musculação.

Tudo isso é importante para que sejam preservadas as suas estruturas musculares e, consequentemente, a porcentagem de massa magra também.

Como medir o seu peso corretamente

Não, não basta subir na balança. Mas nós temos uma dica muito boa para os erros clássicos de medição não se repitam — e nem lhe façam ficar mais ansioso quanto à perda de peso:

Pese-se apenas uma vez por semana, sempre no mesmo horário, na mesma balança e sempre sem roupas. Isso será mais real, prático e estimulante do que uma pesagem diária, quando chega na academia e você sobe na balança de tênis.

Nem sempre é possível, claro, mas sempre que puder, tente dar uma conferida na sua porcentagem de gordura também. Agende pelo menos uma vez a cada três meses algum dos exames que mencionamos acima para que você acompanhe tudo direitinho.

E não se esqueça: o melhor caminho para evitar frustrações é ter sempre em mente que fórmulas mágicas não existem. Orientação nutricional e atividade física na medida certa são a chave para que peso e quantidade de gordura estejam em proporções corretas e saudáveis.

E também é sempre bom lembrar que os padrões de beleza impostos pela sociedade são, na maioria das vezes, incompatíveis com a saúde e bem-estar, principalmente se formos comparar com o tipo físico de cada um.

Estar acima do peso realmente não é saudável, mas ser magro demais também não é. O ideal é sempre respeitar seu padrão de estrutura corpórea — que em boa parte é determinada pela herança genética.

A partir daí, de posse de todas as informações de que você precisa, não é difícil criar um planejamento correto de perda de peso e queima de gordura — e e que proporcione bem-estar físico e mental, que também são importantíssimos.

 

Ajudaram neste artigo os membros da equipe da SportsLab: Sérgio Dias Reis, Rogério José Neves, Paulo Sérgio Barone e Daniel Barsottini.