Campanha incentiva pessoas com deficiência a praticar exercícios

21 de setembro de 2017

|

POR Vinicius de Vita Cavalheiro

Dia 21 de setembro comemora-se o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, mas é também a data de estreia da campanha #Defitness, uma iniciativa de três blogueiros com deficiência que praticam atividade física e que querem incentivar outras pessoas, com necessidades semelhantes às suas, a também aderir a uma rotina constante de exercícios.

Por meio de fotos e vídeos nas redes sociais, Nathalia Blagevitch (Caminho Acessível), Hamilton Almeida (Casadaptada) e Paulo Oliveira (Amigos Cadeirantes) se uniram para mostrar que é perfeitamente possível ter uma deficiência física e mesmo assim frequentar a academia, praticar crossfit ou lutar jiu-jitsu.

“A relação de quem tem alguma deficiência com a academia é a mesma de pessoas que têm nenhuma: não é fácil começar a se exercitar e engrenar uma rotina de atividades físicas”, explica Nathalia. “O que queremos é dar incentivo e mostrar que nós também podemos cuidar do nosso corpo e bem-estar”.

A idealizadora do blog Caminho Acessível ainda conta que ir à academia é muito diferente de frequentar sessões de fisioterapia. “Eu faço aulas com um personal trainer, que me cobra resultados e me ajuda nos exercícios. Malhar dá uma sensação indescritível de liberdade e bem-estar, e você passa a enxergar a deficiência física como mais uma característica do seu corpo, e não como um impeditivo para se cuidar”, diz.

O personal Omi Neto, que monta os treinos de Nathalia, concorda: “O objetivo maior é que ela ganhe maior independência nas atividades do dia a dia, então realizamos atividades que melhorem a sua condição cardiorrespiratória e com foco em ganho de força e massa muscular”.

O importante é se divertir

A rotina de exercícios de Hamilton Almeida também é intensa. Ele faz fisioterapia à tarde e à noite vai à academia. “Tenho um amigo que faz crossfit, outro que luta jiu-jitsu e estou vendo com meu neurologista se posso começar a praticar equoterapia. O importante mesmo é se divertir, e variar o tipo de atividade física ajuda muito nisso”, conta o blogueiro do Casadaptada, que é tetraplégico e se exercita há três anos.

Fala galera! Passando pra lembrar vocês sobre o desafio #DEFITNESS CLUB que lançaremos no próximo dia 21, Dia…

Posted by Casadaptada on Monday, September 18, 2017

Já Paulo Oliveira, empreendedor e blogueiro do canal Amigos Cadeirantes, diz que se fica muito tempo sem se exercitar, seu humor piora muito. “Quando não consigo treinar eu fico mais chato que o normal”, brinca. “Os treinos para mim são como se fossem uma terapia”.

Ele tenta manter uma frequência de exercícios de pelo menos três vezes por semana, e sempre mescla o tipo de atividade que pratica: musculação, aeróbico, crossfit, alongamento funcional e por aí vai. “Assim o corpo vai evoluindo por completo”, explica.

A campanha #Defitness

Inspirados pelos benefícios que a atividade física trouxe para suas vidas, os blogueiros juntaram “deficiência” com “fitness” em uma hashtag que pode ser compartilhada por quem quiser nas redes sociais.

A intenção é que outras pessoas com deficiência tirem fotos ou façam vídeos enquanto praticam exercícios e publiquem em suas redes com a #Defitness, criando uma corrente que possa servir de incentivo para cada vez mais pessoas.

Hoje, a campanha já conta com o apoio de nomes de peso, como a deputada Mara Gabrilli, o ex-BBB Fernando Fernandes e a ginasta Laís Souza.

E você? Curtiu a campanha? Acesse o feed do Instagram e confira todas as imagens já publicadas com a hashtag #Defitness.