Benefícios do vôlei: ajuda a fortalecer o corpo e emagrecer

Atualizado em 29 de junho de 2018

|

O voleibol (chamado frequentemente no Brasil de vôlei) nasceu nos Estados Unidos em 1895. Ele foi criado pelo diretor de educação física da ACM (Associação Cristã de Moços de Massachusetts), William George Morgan.

É uma modalidade de esporte praticada numa quadra que é dividida em duas partes por uma rede, explica Danilo Bortman, personal trainer e educador físico. É realizado com duas equipes de seis jogadores em cada lado.

Seu objetivo é fazer a bola passar sobre a rede de modo a que a bola toque no chão dentro da quadra adversária. Ao mesmo tempo, busca-se evitar que os adversários consigam fazer o mesmo. Ele se caracteriza por ter pouco contato físico entre os atletas, exatamente um dos motivos que levou a Morgan criar o esporte.

Desta forma, ele pretendia oferecer às pessoas (principalmente aos mais velhos) um esporte em que as lesões físicas, provocadas por choques entre pessoas, seriam raras.

Hoje, o voleibol é considerado um esporte olímpico, regulado pela Fédération Internationale de Volleyball (FIVB).

Como se joga?

Uma partida de vôlei tem, normalmente, 5 sets, sem tempo definido. Cada set é terminado quando uma equipe alcança os 25 pontos, tendo 2 pontos de vantagem sobre a equipe adversária. Caso não tenha, o set prossegue até que uma equipe conquiste essa vantagem.

Cada time é composto por 6 jogadores em quadra e 6 jogadores reserva. Após o saque, cada time só poderá tocar a bola três vezes, sendo proibido que um jogador toque a bola duas vezes seguidas. A equipe vencedora é aquela que ganhar o maior número de sets.

Quem pode jogar

Qualquer pessoa saudável pode jogar vôlei. Porém, quem for mais alto pode se destacar no esporte, já que ele exige bastante da altura devido a altura da rede.

Também é indicado para todas as idades e pode ser bem trabalhado como atividades lúdicas para crianças. Pode ser adaptada para crianças ou idosos, exigindo apenas algumas alterações nas regras e na quadra de jogo.

Mas a essência do esporte continua sempre a mesma: promover integração entre os atletas, entretenimento e saúde.

Benefícios do vôlei

Praticar atividade física com frequência é uma das melhores maneiras de prevenir doenças. Além disso, ela ajuda a melhorar a promover qualidade de vida. Sem contar que ajuda na diminuição das alterações de humor a e a melhorar a autoestima.

O vôlei faz o corpo trabalhar como um todo e pela oxigenação no cérebro devido ao estímulo aeróbico, também promove benefícios mentais.

É uma atividade coletiva, que estimula a interação social e a sociabilidade. Como consequência, ainda pode ajudar a amenizar problemas como sedentarismo, obesidade, colesterol alto e glicemia desregulada.

Confira os benefícios do vôlei e as vantagens de se praticar o esporte:

  • Melhora a cognição;
  • Estimula a sinapse dos neurônios;
  • Melhora as capacidades físicas funcionais;
  • Melhora as capacidades cardiorrespiratórias;
  • Fortalece o corpo;
  • Melhora a coordenação motora;
  • Aumenta a flexibilidade;
  • Ajuda na força e resistência aeróbica e anaeróbica do corpo;
  • Auxilia na perda de peso;
  • Ajuda na saúde dos ossos;
  • Pode ajudar o aumento da massa muscular;
  • Alivia o estresse;
  • Estimula membros inferiores e superiores do corpo.

Riscos de jogar voleibol

Qualquer prática de atividade física pode oferecer algum risco se não for praticada com orientação e concentração.

O que mais costuma se destacar no vôlei são as lesões de torção. Isso porque, pelo movimento de pular e aterrizar sob o solo, o jogador corre o risco de torcer os pés se não cair estabilizado.

Cuidados para praticar

A prática de esporte deve ser regular e constante para evitar lesões e complicações cardíacas.

Cuidar da alimentação é essencial e realizar exames periódicos pode ajudar a evitar problemas posteriores. Até por isso é essencial ter um acompanhamento profissional, para que você consiga ser orientado da maneira correta.

Quando associada a outras atividades físicas, o vôlei apresenta menos riscos de lesões.

Contraindicações

O vôlei é um esporte que praticamente não apresenta contraindicações, já que pode ser praticado por pessoas de qualquer idade.

Antes de começar a praticar, é fundamental realizar exames médicos para avaliar a condição física e de saúde. Essas pessoas com problemas de saúde precisam consultar um médico para saber quais são suas restrições.

Não é aconselhado praticar o esporte as pessoas que sofrem de alguma restrição física dos braços, problemas de coluna ou nos joelhos, pessoas que possuam alguma restrição cardiovascular também devem ficar atentas. Todas essas condições devem ser avaliadas por um profissional.