Barriga chapada: dicas de exercícios e alimentação para queimar gordura abdominal

14 de maio de 2018 ● POR Amanda Grecco

Sim, você pode alcançar a barriga chapada que sempre sonhou. Para eliminar aquelas gordurinhas acumuladas, existem dois grandes segredos: ter compreensão sobre o próprio corpo e seguir uma rotina de exercícios, além de uma alimentação regrada e saudável.

Milagres não existem, e dietas malucas ou exercícios que prometem o corpo perfeito em poucos dias são as maiores furadas da internet! Se você já tentou, deve ter percebido que as promessas de emagrecer muito em pouco tempo não funcionam e apenas deixam a sua saúde – e sua autoestima – extremamente abaladas.

Mas então o que é que funciona? Separamos algumas dicas que farão com que – de acordo com o seu biotipo, disposição e metabolismo – as gordurinhas sejam eliminadas e você se sinta cada vez mais feliz o se olhar no espelho.

3 dicas de exercícios para ter a barriga chapada

1. Exercícios Aeróbicos

Estes exercícios são aqueles (assim como a corrida) fazem uso do oxigênio para converter em energia, desencadeando a queima da gordura, além de outros benefícios como aumento das mitocôndrias, melhora da circulação sanguínea, qualidade de sono e redução da ansiedade.

É importante consultar um médico antes de iniciar as atividades, mas assim que seu check-up médico apontar que está tudo certo, você pode mandar ver nos exercícios porque eles ajudam a queimar gordura com muita agilidade.

2. Treino HIIT

O treinamento intervalado de alta intensidade, também chamado popularmente de treino HIIT, é uma atividade física que queima mais de 7 calorias por minuto.

Ele é ideal para quem quer queimar gorduras, mas também é bastante indicado para quem procura ter mais qualidade de vida por meio de exercícios.

3. Exercícios para fortalecer a musculatura

Mulheres e homens precisam fortalecer o abdômen – e para evitar prolapsos o assoalho pélvico também – pois de nada adianta queimar gordura e não trabalhar a musculatura, pois gera flacidez e maior cansaço corporal ao praticar atividades físicas.

Rotações

Segurando uma bola, sente-se e incline-se um pouquinho para trás. Curve o abdome nos joelhos dobrados e deixe os calcanhares encostados no chão. Mantenha o peso perto do seu corpo controlado e torça o tronco para um lado. Pare, contraia o abdômen e gire para o outro lado.

Hipopressão

Deite com as costas apoiadas num colchão, e mantenha os joelhos flexionados e os pés no chão. Assim que soltar o ar, encolha a barriga o máximo possível e puxando para cima, na direção do peitoral. Mantenha a contração por 20 segundos e quando for respirar, ainda mantenha a contração o quanto puder. Relaxe e repita o exercício.

Dicas de alimentação

Manter uma dieta livre de alimentos processados, com pouco ou nenhuma ingestão de álcool, com alimentos frescos e saudáveis fará você desinchar e, aos poucos, se sentir melhor com o corpo.

É importante ter um equilíbrio nutricional de acordo com as suas necessidades, portanto é ideal passar por um nutricionista para uma avaliação personalizada.

Saiba o que eliminar do cardápio

Considere eliminar os FODMAPS (Fermentable Oligosaccharides, Disaccharides, Monosaccharides and Polyols), para o português Oligossacarídeos, Dissacarídeos, Monossacarídeos e Poliois Fermentáveis.

Esses termos se referem aos carboidratos de difícil absorção, que causam fermentação e são de cadeia curta. Eles podem ser os possíveis responsáveis pelo surgimento de gases, inchaço e desconforto abdominal.

Em quanto tempo os resultados aparecem?

Não há uma tabela de tempo para dizer quantos dias você terá que esperar para alcançar seu objetivo. A queima de gordura e o ganho de massa magra é extremamente relativo.

É verdade que as mulheres tendem a acumular mais gordura abdominal do que os homens, mas isso não quer dizer que a regra seja sempre essa. Dependendo do seu metabolismo, idade e disposição, você poderá começar a perceber resultados em apenas duas semanas de dedicação.

Não desanime, há estudos que provam que até mesmo a terceira idade consegue ótimos resultados com treinos que respeitem o limite físico.