Remoção de tatuagem a laser: 10 coisas que você precisa saber

Atualizado em 16 de maio de 2019

|

POR AesCare

A remoção de tatuagem a laser representa uma verdadeira salvação para aquelas pessoas que se arrependeram da arte aplicada na pele. Em alguns casos, esse sentimento vem por causa da falta de conexão com a “tattoo” e, em outros, simplesmente pelo descontentamento com o resultado final.

Seja como for, hoje existe um grande número de pessoas que deseja literalmente apagar o passado. Porém, apesar da remoção a laser ser um tratamento muito eficaz para esta finalidade, existem vários pormenores que devem ser avaliados.

Desde o número de sessões até o resultado final, é preciso realmente saber o que esperar antes de investir uma grande quantia de dinheiro. Nosso objetivo é justamente orientar e educar a respeito desse famoso procedimento.

Pronto para saber mais? Continue a leitura para saber as 10 principais informações sobre o tema:

Remoção de tatuagem a laser

É preciso mais de uma sessão para atingir resultados satisfatórios

A primeira coisa a respeito da remoção de tatuagem a laser é que ela necessita de mais de uma sessão para “funcionar”. Em média, é preciso pelo menos seis para atingir o resultado esperado.

Dependendo da tatuagem, esse número pode subir para 10 sessões. Tudo dependerá da complexidade e de vários outros fatores que falaremos mais adiante.

Prazo para remoção não é tão curto quanto se imagina

O intervalo de tempo entre as sessões não é tão curto quanto se imagina. Em geral, é preciso esperar de 30 a 45 dias para ter a pele totalmente saudável e pronta para uma nova aplicação.

Isso significa que pode levar um ano ou mais para eliminar por completo aquela tatuagem fruto de desconforto e arrependimento. Todavia, conforme o tempo passa, mais fraco se torna o traçado e toda a tinta na pele.

Pode ser necessário mais de um tipo de laser

Outro aspecto é que existe mais de um tipo de laser para remoção de tatuagens. Parte dessa necessidade acontece por causa das cores, que apresentam em sua composição diferentes substâncias químicas que tornam o processo mais complexo.

Ao todo, existem cinco lasers diferentes. Cada um deles remove um tipo de cor com mais eficácia. Para tatuagens coloridas normalmente utiliza-se um conjunto adequado ao caso do cliente.

O tratamento não é indolor

Quem pensa que a remoção de tatuagem a laser é indolor está bem equivocado. O procedimento tem intensidade de dor maior ou igual a de ser tatuado. Inclusive, muitas pessoas que fazem o procedimento costumam dizer que a dor é maior do que a aplicação de tinta na pele.

Apesar do desconforto, atualmente existem analgésicos tópicos que são eficazes e ajudam a diminuir o incômodo.

Podem haver efeitos colaterais após a sessão

O laser para remoção de tatuagens agride a pele com bastante intensidade. Mesmo sendo um tratamento controlado e seguro, podem haver lesões e sintomas depois de uma sessão.

Os principais incluem: vermelhidão, dor local, sangramento (em pequenas quantidades) e manchas na pele — que tanto podem ser claras como escuras.

Na maioria dos casos, esses problemas somem com o tempo, sem a necessidade de tratamento especial. Entretanto, caso isso não ocorra, é recomendada consulta com um médico.

Para os pacientes que são mais sensíveis, podem ser necessários intervalos ainda maiores entre as sessões, o que resulta em mais tempo de tratamento.

Existem efeitos colaterais

Geralmente, pessoas que passam pelo tratamento não sofrem grandes desconfortos, porém é importante saber que é possível que surjam efeitos colaterais desagradáveis. São eles: bolhas (que variam de tamanho e cor), irregularidades e sensibilidades na pele.

O risco de infecção após o tratamento também é grande. Por essa razão recomenda-se que o paciente proteja e higienize bem a área tratada.

Cores escurecem com a remoção, enquanto outras somem quase por completo

Três fases da remoção de tatuagem: na primeira, a tatuagem está bem escura, na segunda um pouco apagada e na terceira completamente invisível.
Albina Glisic/Shutterstock

Existem inúmeras marcas que fabricam tintas para tatuagem, portanto há grandes diferenças em relação às substâncias utilizadas na confecção desses materiais.

As tintas que apresentam ferro e dióxido de titânio costumam causar escurecimento na pele logo após a sessão com laser, por exemplo. Em um primeiro momento, podem causar desconforto, mas saiba que existem alternativas para resolver o problema.

Tipo de pele influencia os resultados

A cor da pele influencia bastante os resultados da remoção de tatuagem a laser. Para as pessoas que apresentam pele clara, o efeito final é mais aparente e o procedimento costuma ser menos doloroso.

Já para as que têm pele escura, o processo pode ser um pouco mais complicado. Para completar, se a tattoo for colorida, a dificuldade para fazer toda a remoção pode ser ainda maior.

Apesar disso, os resultados se assemelham no final.

Qualidade da tatuagem também influencia resultados

Além da cor da pele, a “experiência” do tatuador também é uma variável que deve ser levada em consideração no momento da remoção. Profissionais qualificados tendem a atingir as camadas mais profundas da pele, enquanto os mais amadores não conseguem.

Esse fator se torna ainda mais aparente quando percebemos a qualidade do traço e, principalmente, a competência no preenchimento das linhas.

Competência do profissional é fundamental

Por fim, a habilidade do profissional que faz o procedimento de remoção de tatuagem influencia o resultado final. Vale buscar sempre por clínicas especializadas com pessoal qualificado antes de decidir fazer o tratamento.

Procure recomendações e, acima de tudo, tente iniciar e terminar todas as sessões em um único local.

Vale a pena fazer a remoção de tatuagem a laser?

Seguindo todas essas dicas, temos certeza que o efeito desejado será atingido dentro do prazo estabelecido.

Para quem tem problemas com cicatrizes ou mesmo tem muitas dúvidas sobre a remoção de tatuagem a laser, é recomendada a consulta com um cirurgião plástico ou um dermatologista para uma avaliação mais profunda e cuidadosa.