Cirurgia que promove rejuvenescimento das pálpebras

28 de maio de 2019

|

É preciso falar sobre um dos problemas mais comuns, principalmente em mulheres de meia idade, o envelhecimento da região ao redor dos olhos. Afinal é possível retardar os efeitos da idade ou tratar os sinais já presentes e alcançar o rejuvenescimento ideal? A resposta para essas questões é sim! Antes, é preciso entender como e porque essa região do rosto sofre tanto com a flacidez.

Com o passar dos anos a pele da pálpebra perde a sustentação e acaba caindo sobre a linha de visão, dando um aspecto cansado ao rosto. Outras duas alterações que ocorrem com o passar dos anos são a protrusão de bolsas de gordura, devido à perda de fixação dos ligamentos, e o aprofundamento da orbita, fazendo com que a pessoa aparente estar sempre fadigada. Todos esses aspectos têm tratamento por meio de métodos de rejuvenescimento da região dos olhos.

Cirurgia para rejuvenescimento das pálpebras

A queda da pálpebra e a flacidez podem ser corrigidas com uma blefaroplastia, cirurgia na qual realiza-se a retirada da pele em excesso nas pálpebras.

O procedimento é rápido e pode ser realizado com anestesia local e sedação. A alta ocorre no mesmo dia e a recuperação costuma ser rápida, portanto em pouco tempo o paciente já retorna às atividades, com apenas o inconveniente de alguns roxos ao redor do olho por aproximadamente duas semanas. Já a cicatriz fica bastante escondida e quase imperceptível, localizada no sulco da pálpebra.

O abaulamento causado pelas bolsas de gordura pode ser tratado também na blefaroplastia, no caso com a retirada ou reposicionamento das bolsas de gordura presentes nas pálpebras tanto de cima, quanto de baixo.

Já o aprofundamento da região da órbita pode ser melhorado com enxerto de gordura, retirado principalmente do abdômen ou braço da própria paciente. Essa cirurgia é rápida e também pode ser realizada com anestesia local, podendo ser associada à blefaroplastia para um resultado ainda melhor.

Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo Saúde

Rafael Werneck

Rafael Werneck

Cirurgião Plástico graduado em medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e com residência em cirurgia plástica na Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM). É membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e faz parte do grupo de estética facial do Hospital São Paulo (HSP), pertencente à Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). CRM 153435