Orelha de abano e prática esportiva: qual é a relação?

14 de setembro de 2018

|

Se exercitar ao ar livre, com conforto e relaxamento, proporciona sensação de bem-estar superior a obtida com exercícios em ambientes fechados, mas também requer que os cabelos sejam presos, o que, em minha experiência como médico, pode ser um martírio para pessoas que têm orelha de abano.

Autoestima e otoplastia

Para algumas pessoas, as orelhas expostas causam desconforto, medo de bullying, constrangimento e vergonha. Por isso, há mulheres que nunca prendem o cabelo e homens que o deixam crescer para ocultar as orelhas.

A boa notícia é que a cirurgia plástica para correção das orelha de abano, chamada de otoplastia, é muito funcional e de pequeno porte, sendo realizada com anestesia local e sedação e promovendo alta no mesmo dia.

O resultado é imediato, mas inchaço e roxidão são comuns por aproximadamente 14 dias, sendo importante evitar exercícios por ao menos um mês.

Pode fazer a partir de qual idade?

Como as orelhas já chegam próximas do seu desenvolvimento total aos seis anos, a cirurgia pode ser realizada a partir desta idade, evitando assim bullying na escola e baixa autoestima.

A melhor recompensa é saber da melhora da qualidade de vida proporcionada pela cirurgia, a qual possibilita melhor convívio social, pratica de exercícios e escolha do figurino sem impedimentos.

Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo Saúde

André Colaneri

André Colaneri

Dr. André Colaneri é cirurgião plástico e especialista e Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plastica.