Entenda a importância do descanso entre os treinos

29 de maio de 2019

|

Sempre ouvimos que após os treinos é preciso descansar, dormir bem e esperar pelo menos 24 horas para exercitar os mesmos músculos novamente, mas você sabe o porquê?

Por que descansar entre os treinos?

Quando fazemos todas as séries de exercícios prescritas pelo personal, recrutamos fibras musculares, seja para hipertrofia ou emagrecimento, e ativamos a musculatura.

Por exemplo, ao fazer extensão de joelhos são causados leves danos nas fibras dos músculos do quadríceps e é justamente esse esforço o motivo para descansar.

Em repouso, nosso corpo continua trabalhando e os músculos se recuperam, principalmente com as proteínas obtidas na alimentação. Nesse período também ocorre o processo de construção de novas fibras musculares que propiciam o tão falado processo de hipertrofia.

Em termos mais científicos, isso se chama anabolismo – nada mais do que a capacidade de recuperação e crescimento do organismo ocorrida durante o repouso. Já a quantidade total de movimentos realizados determina o grau de desgaste do organismo, sendo denominado catabolismo.

Quanto tempo descansar?

O descanso é essencial para a recuperação das reservas dos substratos energéticos e das taxas de oxigênio, prevenção de lesões e otimização do treinamento de hipertrofia.

Segundo estudo publicado pelo professor Uchida (2006), a frequência do repouso depende da divisão da rotina de treinamento. Para iniciantes, sessões separadas por intervalo de 48 horas parecem ser adequadas para uma boa recuperação. No entanto, quando o número de sessões aumenta é necessário um planejamento mais detalhado para que haja boa recuperação, dividindo assim os músculos a serem trabalhados em dias diferentes.

Pessoas com melhor condicionamento físico apresentam velocidade de recuperação maior que os não treinados, podendo ter um período mais acelerado.

Tudo isso mostra a necessidade de ter paciência, respeitar as etapas de treino, se alimentar corretamente e, claro, fazer de tudo para dormir bem.

 

Fontes

Jakeline Castro de Oliveira Ana Maria da Silva Rodrigues. FATORES INTERVENIENTES NO GANHO DA MASSA MUSCULAR J.

Marco Carlos Uchida & Mario Charro & Reury Frank Bacurau & Et Al. Manual de Musculação.

Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo Saúde

Juliana Rosa

Juliana Rosa

Profissional de Educação Física e Personal Trainer, graduada e bacharelada pela universidade Nove de Julho (2014) e especializada em treinamento funcional e recuperação física. O foco da profissional é qualidade de vida e bem-estar. CREF: 127468-G/SP