Botox ou preenchimento? Para que servem e qual é a melhor opção?

30 de outubro de 2018

|

Sabe aquelas rugas no rosto que aparecem com a idade? Muita gente se pergunta o que fazer para melhorá-las e normalmente dois procedimentos vêm à cabeça: botox ou preenchimento. Mas qual é a diferença entre eles? Os dois servem para tratar rugas e marcas no rosto? Qual é a melhor opção para cada caso? Entenda:

Botox

Botox é o nome comercial do produto inicialmente introduzido no mercado e, embora atualmente existam outras marcas com a mesma qualidade, a substância ainda é popularmente conhecida como tal.

Derivada da toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum, a toxina botulínica serve para paralisar temporariamente a musculatura na qual foi aplicada.

É utilizada principalmente para atenuar as rugas dinâmicas da face, ou seja, aquelas que se formam quando fazemos expressões (quando estamos zangados, espantados ou sorrindo, por exemplo). Existem ainda outros usos para ela, como para melhorar a aparência do rosto redondo ou para melhora da disfunção de ATM.

O período de paralisação é variável, mas geralmente dura em torno de quatro a seis meses.

Com a imobilização de alguns músculos conseguimos melhora das rugas que se formam quando contraímos a musculatura em questão, como das na testa ao levantarmos as sobrancelhas ou dos pés de galinha quando sorrimos.

Preenchimento

Diferentes da toxina botulínica, os preenchedores servem para dar volume no local em que são injetados e, com isso, também podem melhorar algumas rugas ou marcas do envelhecimento no rosto.

São vários os tipos de materiais utilizados para preenchimento, sendo o mais comum o ácido hialurônico. Este é derivado de um composto naturalmente encontrado no ser humano e, assim com a toxina, também tem caráter temporário (embora este dure entre doze e dezoito meses).

Além da melhora das rugas os preenchedores também têm outras funções, como o aumento do lábio ou remodelação do nariz.

Botox ou preenchimento: qual fazer?

Como vimos acima, a toxina botulínica é utilizada para rugas e marcas de expressão, não dando volume ao rosto, portanto é indicada para marcas pouco profundas.

Em rugas que já estão marcadas mesmo ao repouso, quando não estamos fazendo nenhuma expressão, fazemos uso do preenchimento com ácido hialurônico. Este pode ser colocado diretamente abaixo da ruga para corrigi-la ou em outros lugares para que, ao esticar da pele com o aumento de volume da área injetada, a marca aprofundada melhore.

Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo Saúde

Rafael Werneck

Rafael Werneck

Cirurgião Plástico graduado em medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e com residência em cirurgia plástica na Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM). É membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e faz parte do grupo de estética facial do Hospital São Paulo (HSP), pertencente à Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). CRM 153435