Flora intestinal e perda de peso têm mais a ver do que você imagina

01 de agosto de 2017

|

POR Redação

Sabia que as bactérias que formam a flora intestinal interferem na perda de peso? Pois é. A resposta para a dificuldade de emagrecer pode estar no intestino, segundo um estudo da Universidade de Washington divulgado na revista Science.

Não é a primeira vez, no entanto, que a ciência relaciona o intestino com o metabolismo e a perda de peso. Mas foi somente neste estudo que os pesquisadores conseguir chegar mais perto de descobrir exatamente quais bactérias dificultam o emagrecimento e quais facilitam este processo.

Eles também descobriram que alguns comportamentos alimentares podem influenciar diretamente na ação de cada grupo de bactérias.

A relação entre flora intestinal e emagrecimento

O que diz o estudo?

Na pesquisa norte-americana, ficou claro quais tipos de bactérias estão ligados ao indivíduo que está acima do peso e quais estão presentes nos mais magros: as bactérias do filo Firmicutis e as do filo Bacteroidetes, respectivamente.

Mas e os hábitos alimentares? O estudo mostra que a dieta também influencia diretamente na flora intestinal e, consequentemente, na perda de peso. Por enquanto, só foram realizados testes em ratos criados em laboratório, mas os resultados obtidos mostram que quando eles foram alimentados com uma dieta rica em fibras e com baixo teor de gordura saturada, eles apresentavam mais bactérias do filo Bacteroidetes, ligadas à magreza.

Por outro lado, quando foram alimentados com muita gordura saturada e pouca fibra, as “bactérias da magreza” diminuíram nos ratos mais magros e os mais gordinhos tiveram dificuldades para adquiri-las.

Obesidade em cheque

Mas atenção: segundo os especialistas, para combater a obesidade não basta olhar apenas para as bactérias, para a dieta ou para os exercícios.

A obesidade é uma doença que envolve vários fatores e que é muito influenciada por alguns tipos de comportamento específicos. Por essa razão, é necessário passar por uma reformulação geral no estilo de vida para combatê-la. A mudança de hábitos alimentares e a prática regular de atividade física ainda são fatores essenciais para perder peso com saúde.