Abacate engorda ou emagrece? Descubra e entenda benefícios

25 de outubro de 2018

|

POR Bruno Botelho dos Santos

O abacate apresenta muitos benefícios para a saúde, como prevenção de doenças cardiovasculares e combate aos radicais livres, ainda assim existem dúvidas se a fruta pode aumentar ou reduzir o peso.

Em grande parte, os questionamentos têm origem na alta quantidade calórica da fruta e em seu elevado índice de gorduras. Mas será mesmo que abacate engorda? Descubra:

Abacate engorda?

 

receitas com abacate

Lecic/Getty Images

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos, uma porção de 100 g de abacate possui 96 calorias, quantia alta para uma fruta. Cerca de ⅔ dessa quantia vêm de gorduras monoinsaturadas saudáveis, ​​como o ácido oleico.

Essas gorduras são consideradas boas, o que deixa o potencial calórico em segundo plano, já que são usadas como energia de queima lenta para o corpo e são menos propensas a serem armazenadas.

Então, dentro de uma dieta saudável e um cardápio equilibrado, o abacate não engorda, pelo contrário, pode até ajudar a emagrecer e gerar outros benefícios ao corpo, como aumento do colesterol bom (chamado de HDL), redução do ruim e diminuição do triglicérides.

Saciedade e controle de peso

Alimentos ricos em gordura prolongam a sensação de saciedade, deixando quem os consome satisfeito por mais tempo e, consequentemente, auxiliando o emagrecimento. Isso ocorre porque essa substância, assim como as fibras, retarda a liberação de alimentos no sistema digestivo.

Além disso, gorduras monoinsaturadas ajudam na absorção de nutrientes lipossolúveis (que são diluídos na gordura) nas refeições. As propriedades nutricionais do abacate ainda colaboram com a adequada absorção de nutrientes.

Cuidado com a quantidade

Assim como qualquer outro alimento, o abacate engorda caso seja consumido em excesso. A recomendação é comer uma porção de 100 g, que é o equivalente a cerca de 3 colheres de sopa da fruta, diariamente. É bom lembrar que essa quantidade tem 96 calorias.

O restante do abacate deve ser bem conservado, já que oxida rápido e assume uma cor escura, de aspecto pouco agradável para o próximo consumo. Uma dica para evitar tal efeito é deixá-lo com a semente e a polpa viradas para baixo em um prato na geladeira.

Como consumir o abacate?

Os abacates podem ser consumidos in natura ou em receitas.

O brasileiro costuma bater o abacate com leite ou comê-lo com açúcar e limão, mas as opções de preparo não se limitam a essas. O guacamole também é uma ótima opção, assim como o uso em saladas, maioneses e cremes.