Orégano: o que você precisa saber sobre o tempero medicinal

28 de agosto de 2018 ● POR Amanda Grecco

Conhecido por ser um dos principais temperos do Brasil, o orégano tem muitas propriedades que podem ser benéficas à saúde. Originalmente vinda do Mediterrâneo, a erva é tão poderosa que pode ser usada como remédio fitoterápico no alívio de cólica, dor de cabeça e inflamações. Entenda:

Lista de propriedades do orégano

100 g de orégano:

  • 20 calorias
  • 1 g de proteína
  • 3 g de carboidrato
  • 0,5 g de gordura
  • 13 mg de vitamina C
  • 230 mg de cálcio
  • 0,3 mg de niacina
  • 4 mg de ferro

Benefícios do orégano

 

benefícios do orégano

Iakov Filimonov/Shutterstock

O orégano é uma planta com diversas propriedades benéficas e pouco exploradas. Além de ser fonte de vitaminas como as do tipo A, C e do complexo B, é também rico em ômega-3 e minerais como zinco, magnésio, cálcio e potássio. Além disso, seu óleo essencial tem propriedades anti-inflamatórias, antissépticas e anestésicas.

Auxilia no tratamento de asma

Os potentes antioxidantes contidos no óleo de orégano auxiliam na limpeza do trato respiratório, o que leva a uma melhor qualidade da respiração, ajudando a saúde de pessoas com asma. Para usufruir do efeito, dilua uma gota do óleo essencial em 5 ml de soro fisiológico e inale pelo aparelho de inalação.

Previne o câncer

Por ser rico em fibras, o orégano fresco e cru pode auxiliar na eliminação de toxinas pelo intestino por meio da bile, o que reduz o risco de câncer de cólon. Ainda por cima, seu poder antioxidante impede a ação dos radicais livres que podem ser responsáveis por mutações que resultam em células malignas.

Contra o envelhecimento precoce

Rico em timol e outros antioxidantes, o orégano é um aliado na luta contra os radicais livres, sendo mais poderoso do que frutas como maçã e laranja. Além de ajudar a prevenir o câncer, esta propriedade atua contra o envelhecimento precoce.

Fortalece o sistema imunológico

Graças a sua riqueza em vitaminas e sais minerais, é um importante aliado do sistema imunológico, auxiliando sua atuação no organismo de quem o consome. A inalação de seu óleo, especialmente, pode ajudar a prevenir quadros de gripe.

Ajuda a diminuir cólicas menstruais

Fonte de polifenóis, substâncias com propriedades anti-inflamatórias, o orégano consumido de forma regular ajuda a aliviar o desconforto causado pelas cólicas menstruais.

Regula a menstruação

O hábito de consumir chá de folhas frescas de orégano pode ajudar a manter a menstruação regulada, além de evitar as possibilidades de menopausa precoce.

É digestivo

O orégano ajuda na produção de bile pela vesícula, o que facilita a digestão de gorduras, além de permitir uma melhor absorção de nutrientes. Ainda por cima, é bom para controlar flatulências.

Para o coração

O orégano pode ser muito bom para quem faz parte do grupo de risco para problemas cardíacos, já que é rico em potássio — que auxilia no controle da pressão arterial —, ômega-3 e antioxidantes — que reduzem o colesterol e evitam doenças cardiovasculares, respectivamente.

Efeito anti-inflamatório

Por conter a substância carvacrol, essa erva ajuda a reduzir inflamações de diversos tipos. A ingestão e a aplicação em forma de óleo sobre uma região machucada pode ajudar no tratamento.

Combate fungos e bactérias

O consumo regular de orégano pode ser excelente para eliminar bactérias e fungos nocivos à saúde.

Orégano emagrece?

 

orégano na colher de madeira

HandmadePictures/Shutterstock

O orégano é um agente facilitador do emagrecimento devido à presença de carvacrol em sua composição, substância que ajuda a reduzir a inflamação nos tecidos adiposos e diminuir inchaços, além de fibras, que proporcionam maior sensação de saciedade.

Todavia, nenhum alimento por si só é capaz de proporcionar perda ou ganho de peso, deste modo é importante frisar que o orégano ajuda a emagrecer se for associado a hábitos saudáveis.

Orégano faz mal?

Assim como todo o excesso, o consumo exagerado de orégano pode gerar efeitos colaterais como vômitos e alergias. Além disso, o consumo de óleo essencial não é recomendado, apenas sua inalação ou aplicação em via tópica.

O consumo do chá por gestantes só deve ocorrer com autorização de um obstetra e especialista em fitoterapia.

Como usar orégano?

O ideal é consumir o orégano em seu estado natural, com folhas frescas e, de preferência, com origem orgânica.

Também é possível fazer um extrato oleoso, deixando um punhado de folhas secas maceradas em óleo vegetal de amêndoas no sol por 30 dias. Esse óleo, depois de coado, tem os benefícios do orégano e pode ser inalado diariamente ou aplicado diretamente na pele.

Caso prefira diluir o óleo essencial de orégano, opte sempre pela proporção de 3 gotas para uma colher de sopa de óleo vegetal. Para crianças, idosos e pessoas de pele sensível, coloque apenas uma gota de óleo essencial para uma colher de sopa de óleo vegetal.

Receitas com orégano

Chá de orégano

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de orégano fresco
  • 2 xícaras de chá de água

Modo de preparo

Coloque as folhas de orégano no fundo de uma xícara. Ferva a água, desligue e a despeje na mesma xícara das folhas. Cubra e deixe descansando por três minutos. Coe e beba.

Frango com orégano

 

frango com orégano

zoryanchik/Shutterstock

Ingredientes

  • 300 gramas de filé de peito de frango desossado
  • 30 gramas de manteiga derretida
  • 4 colheres de sopa de suco de limão
  • 2 ramos de orégano fresco
  • 2 colheres de chá de molho inglês
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes, exceto o frango, enquanto o forno é aquecido. Coloque o frango em uma assadeira, tempere-o com o molho resultante da mistura de todos os ingredientes, coloque no forno e asse por 15 minutos. Em seguida, tire, vire o frango, despeje mais molho e asse por mais 15 minutos. Retire e sirva.