8 mitos e benefícios da canela para o corpo e a saúde

21 de dezembro de 2017

|

POR Patrícia Beloni

Termogênica, antifúngica, antibacteriana e antiparasita. Estamos falando da canela, um excelente substituto do açúcar na alimentação e que também é muito apreciada por suas propriedades medicinais há milhares de anos.

Originária da Ásia, a canela é uma especiaria extraída da casca interna dos caules da árvore cinnamomum (seu nome científico).

Basicamente, existem dois tipos principais de canela: a canela ceilão (ceylon), que é chamada de canela verdadeira ou canela da índia, de sabor picante e adocicado; e a canela cassia, a mais comum de encontrar e que também é bastante conhecida como canela da china, menos doce e menos aromática que a primeira.

Ambas possuem inúmeras vantagens nutricionais para o corpo e a saúde. Abaixo, confira uma lista com os cinco principais benefícios da canela para a saúde e para o corpo:

5 benefícios da canela

1. Ajuda na perda de peso

Por ter um poderoso efeito termogênico, a canela é capaz de acelerar o metabolismo. Por isso, é considerada ótima auxiliar no processo de emagrecimento. Ela ajuda ainda a queimar as gorduras armazenadas, fazendo os quilos da balança começarem a cair.

2. Combate a candidíase

A especiaria também é eficaz contra a candidíase vaginal, candidíase oral e úlceras estomacais — isso graças aos efeitos antibactericidas e antifúngicos.

3. Alivia cólicas menstruais

Segundo a nutricionista Paula Castilho, da Sabor Integral Consultoria, a canela é composta por procianidina, que tem efeito anti-inflamatório e que pode ajudar a diminuir náuseas e enjoos e aliviar dores.

4. Melhora a diabetes

Por causa do cromo e de seus compostos fenólicos, a canela pode ajudar no controle da glicemia em pessoas que têm diabetes e em indivíduos com resistência à insulina. Se for consumida com frequência, a especiaria também auxilia a reduzir o nível de açúcar no sangue.

5. Tem ação antioxidante

São esses componentes citados acima que também tornam a canela um poderoso antioxidante, capaz de neutralizar a ação dos radicais livres no organismo e ajudando a prevenir desde o envelhecimento precoce até a ocorrência de doenças como o câncer e o Alzheimer.

Por ser muito consumida e queridinha das dietas, a canela também está cercada de alguns mitos. Abaixo, separamos os três principais. Confira!

3 mitos da canela

1. Canela faz mal para gestantes

Muitos dizem que canela favorece a contração uterina, o que pode causar aborto ou parto prematuro. Mas ainda não há estudos conclusivos que comprovem que a especiaria faça realmente mal em casos de suspeita de gravidez e nem durante a gestação.

2. Canela diminui colesterol e triglicérides

Alguns estudos já indicaram que consumir canela pode ajudar na diminuição do colesterol e de triglicérides, mas seus resultados ainda não são conclusivos a ponto de se afirmar com certeza que ela deve ser usada para esses fins.

3. Acelera a menstruação

A canela estimula a circulação do sangue pelo corpo, mas ainda não há estudos que comprovem que ela também ajuda a fazer a menstruação acontecer mais rapidamente, antes do esperado ou em maior volume.

Como usar canela na dieta

A canela pode ser encontrada em pau, que é ótima para infusões, ou em pó, utilizada para receitas em geral. “O indicado é meia colher de sopa por dia, que pode ser ingerida a qualquer momento”, aconselha a nutricionista Paula.

A ideia, ainda segundo a especialista, é misturá-la na alimentação e não comê-la sozinha. Ela é mais um complemento numa receita do que um aperitivo, por assim dizer.

Vai muito bem com frutas, iogurtes, bolo e cereais. E outra dica é adicionar a canela em pratos com alto teor de carboidratos, como arroz e em porções de frutas após as refeições.

Mas a nutricionista alerta: se for combinada ao açúcar, ela não traz tantos benefícios. Canela pode ser usada na dieta de forma natural, e ajuda a saciar a vontade de comer doces.

Devido ao seu baixo teor calórico e à ausência de gorduras, essa especiaria não engorda e pode ser ainda uma alternativa muito saudável para manter o corpo em forma.

É importante lembrar também de sempre conservar a canela em um lugar seco e arejado — e de preferência dentro de potes tampados.

2 receitas com canela

Por fim, separamos duas receitas que levam canela para você experimentar em casa. Confira os ingredientes e o modo de preparo abaixo:

Receita de chá de canela

Ingredientes

  • 1 xícara de água;
  • 4 canelas em pau ou 1 porção de canela em casca;

Modo de preparo

Coloque a água e a canela em um panela e, em seguida, leve ao fogo. Depois que começar a ferver, deixe por 10 minutos e desligue. Quando a mistura estiver morna, é só coar e beber.

Receita de doce de canela em pó

Ingredientes

  • 400 ml de leite fresco;
  • 400 g de nata para bater;
  • 6 gemas;
  • 1 limão;
  • 1 colher de chá de canela em pó;
  • 150 g de açúcar;
  • 3 ou 4 laranjas;
  • 6 a 8 colheres de sopa de açúcar em pó;

Modo de preparo

Lave o limão com água quente e, em seguida, raspe a casca e reserve. Prepare uma panela pequena, na qual vai deitar o leite e as natas e coloque para ferver com as raspas do limão e a canela.

Deixe por alguns minutos e desligue o fogo. Enquanto isso, bata os ovos com o açúcar, até ficar cremoso. Adicione as natas e misture. Volte tudo para o fogo, mexendo sempre até engrossar.

Retire do fogo, coloque em taças e leve à geladeira. Corte as laranjas em gomos e as coloque por cima antes de servir.