Caqui tem diversos benefícios: veja tipos e receitas com a fruta

27 de setembro de 2018

|

POR Mariana Amorim

O caqui é uma fruta originária da China que é marcada por seu sabor doce e sua composição com bastante água. Com nome científico Diospyrus kaki L, é possível fazer sobremesas e sucos com a fruta. Saiba mais sobre suas propriedades e benefícios:

Lista de propriedades

  • Água
  • Carboidratos
  • Proteínas
  • Fibras
  • Vitamina A
  • Vitamina C
  • Vitamina E
  • Vitamina K
  • Vitaminas do complexo B
  • Potássio
  • Cobre
  • Manganês
  • Cálcio
  • Ferro
  • Fósforo

Tipos

 

árvore de caqui

contrail1/Getty Images

Caqui chocolate (giombo)

Esse tipo de caqui tem “chocolate” no nome porque, quando suas sementes estão aparentes, fica com a polpa mais escura, e, consequentemente, parecido com um pedaço de chocolate. Sua casca é alaranjada e tem consistência mais firme e crocante.

Caqui Fuyu

Esta espécie apresenta consistência firme, cor alaranjada e não tem sementes. Uma das principais características é a falta de tanino, um importante antioxidante.

Caqui rama forte

Possui coloração avermelhada e é bem parecido com o tomate. Sua polpa tem consistência gelatinosa, mas seu sabor é menos ácido.

Caqui Taubaté

Essa espécie se assemelha ao rama forte, pois também possui cor avermelhada e tem polpa gelatinosa. O teor de tanino em sua composição é maior do que o de outros tipos de caqui. Este é o tipo mais consumido no Brasil.

Benefícios do caqui

Sistema imunológico

“O caqui aumenta a imunidade pois possui vitaminas A, B1, B2 e E”, conta a nutricionista Rhubia Araújo, do Centro Terapêutico Máximo Ravenna.

Antioxidante

Há alguns componentes que endossam as defesas contra os radicais livres – moléculas que oxidam células saudáveis –, caso da vitamina C e do betacaroteno, resultando na prevenção de doenças, como o câncer, bem no combate ao envelhecimento precoce.

Já a vitamina E, além de combater os radicais livre, previne doenças cardiovasculares.

Regula o intestino

O consumo periódico de alimentos ricos em fibras faz com que o funcionamento do intestino fique equilibrado, evitando quadros de constipação e diarreia.

Para os ossos

A fruta também fornece cálcio e ferro para o organismo, os quais são responsáveis por regular a saúde óssea e a energia do dia a dia.

Benefícios na musculação

O caqui ajuda a construção de músculos porque tem potássio. Trata-se de um mineral que auxilia a expansão dos vasos sanguíneos, potencializando o relaxamento dos músculos.

A qualidade diurética também ajuda o corpo a desenhar melhor a massa magra do indivíduo.

Caqui engorda?

Como todo e qualquer alimento, o caqui não tem poder engordativo e nem emagrecedor. Por isso, pode ser consumido de forma equilibrada dentro de um contexto de uma alimentação saudável.

Benefícios do caqui na gravidez

É um excelente remédio natural para combater problemas de trânsito intestinal irregular e prisão de ventre, os quais atingem muitas grávidas.

“Ele também auxilia lactantes a se manterem hidratadas e a produzirem mais leite, já que 80% da fruta é constituída de água”, afirma a especialista.

Malefícios

Prende o intestino?

Por ser rico em fibras, auxilia o funcionamento satisfatório do intestino e também tem efeito laxativo.

“Porém, quando o alto consumo de fibras é aliado a quantidade inadequada de água no organismo, o paciente pode ficar constipado”, conta a nutricionista.

É preciso lembrar que o excesso pode ser prejudicial para o organismo.

Quem não deve comer?

Todos podem consumir a fruta, desde que a seja inserida numa alimentação equilibrada.

Por conter alta quantidade de frutose (açúcar), é indicado que diabéticos o aproveitem com cautela.

Como comer?

O caqui faz bem, portanto pode ser aproveitado em diversos momentos do dia, como no café da manhã, lanche da tarde ou até mesmo como sobremesa após as refeiçoes principais.

Receitas

 

suco de caqui

NoirChocolate/Getty Images

Doce de caqui

Ingredientes

  • 4 unidades de caqui descascados
  • ½ xícara de chá de açúcar ou adoçante culinário
  • Raspas de 1 limão

Modo de preparo

Corte os caquis em pedaços grandes e coloque-os em uma panela com o açúcar (ou adoçante culinário). Em seguida, leve ao fogo médio por 5 minutos. Depois, deixe esfriar um pouco e bata a mistura no liquidificador. Volte o conteúdo para a panela, acrescente as raspas do limão e leve ao fogo por mais uns 3 minutos. Espere esfriar e sirva em seguida.

Geleia de caqui

Ingredientes

  • 5 unidades de caqui maduros picados e sem sementes
  • ½ de xícara de chá de açúcar ou adoçante culinário
  • 3⁄4 de xícara de chá de água
  • Casca de ½ limão

Modo de fazer

Em uma panela, coloque a água e o açúcar em uma panela e leve ao fogo baixo. Após alguns minutos, acrescente as frutas. Deixe cozinhar por 15 minutos.

Por fim, ainda no mesmo recipiente, aperte com um garfo para a mistura ficar com uma consistência de geleia. Transfira para um pote e conserve em geladeira

Suco de caqui

Ingredientes

  • 200 ml de água ou de água de coco natural
  • 1 unidade de caqui picado sem pele
  • Gengibre a gosto

Modo de preparo

Acrescente todos os ingredientes em um liquidificador e bata até formar um líquido homogêneo. Sirva em seguida.

 

Fontes

Nutricionista Rhubia Araújo. CRN – 3 46156

United States Department of Agriculture (USDA). Persimmons, japanese, raw. Disponível em: ndb.nal.usda.gov/ndb/foods