Caju: 6 benefícios, como consumir e receitas fáceis

26 de setembro de 2018

|

POR Mariana Amorim

Caju é um pseudofruto originário da região nordeste do Brasil que é saboroso e rico em propriedades, como vitaminas e minerais, podendo ser um grande aliado da saúde e da regulação do peso. O fruto real do cajueiro é a já conhecida castanha-de-caju, item repleto de compostos benéficos para o organismo.

Conforme explica a nutricionista Rhubia Araújo, do Centro Terapêutico Máximo Ravenna, 100g da fruta fornecem apenas 43 calorias e uma ampla gama de nutrientes.

Veja, a seguir, os principais benefícios da fruta e como consumi-la adequadamente.

Lista de propriedades

O caju é rico em vitaminas A, C, E e K, que potencializam as defesas do corpo contra agentes externos. Por outro lado também tem fósforo, ferro, sódio e potássio – compostos que ajudam a manter funções importantes, como memória e disposição.

Além disso, há boa quantidade de vitaminas do complexo B, as quais auxiliam a saúde neurológica.

Tipos de caju

Há mais de 20 espécies de caju no Brasil. No entanto, há dois tipos mais comercializados País afora, como o cajueiro comum ou gigante e o cajueiro-anão-precoce.

Benefícios do caju

 

caju pendurado na árvore

quangpraha/Getty Images

Fortalece o sistema imunológico

De acordo com Rhubia, o zinco contido na fruta tem o poder de fortalecer as defesas do corpo, evitando doenças como gripe e viroses.

Para a pele

Já o cobre favorece a saúde dos cabelos, da pele e até das unhas.

Para o intestino

As fibras do caju também auxiliam no funcionamento do intestino, regulando-o e evitando diarreia e constipação.

Antioxidantes

O combate ao envelhecimento precoce e ao surgimento de algumas doenças é explicado pela ação dos flavonoides, importantes agentes antioxidantes e anti-inflamatórios.

Outro componente rico em antioxidantes é a vitamina C, também abundante no caju. “Isso significa que há uma importante ação contra aos radicais livres, moléculas que, em excesso no corpo, podem oxidar células e provocar doenças degenerativas decorrentes do envelhecimento”, conta a nutricionista.

Anti-inflamatório

Há, ainda, compostos bioativos com poderosa ação anti-inflamatória, como carotenóides e flavonóides. Eles auxiliam no tratamento doenças como diabetes e câncer.

Benefícios do caju na gravidez

O caju pode ser benéfico em qualquer fase da vida, especialmente durante a gestação. O zinco, um dos minerais encontrados na fruta, é importantíssimo na função reprodutiva, agindo principalmente na melhora da libido.

Há também benefícios no desenvolvimento motor e cognitivo do feto. Além disso, por ser rico em vitamina C, auxilia na absorção do ferro, que pode estar em déficit na gestação.

Benefícios da castanha-de-caju

Ingrediente imprescindível de mix de oleaginosas, a castanha-de-caju contém vitaminas E, K e B6, cobre, fósforo, zinco, magnésio, ferro e selênio, que são nutrientes importantes para manter uma boa função corporal.

Seu consumo pode ser associado ao combate à depressão, hipertensão e problemas intestinais.

Caju engorda ou emagrece?

Nenhum alimento por si só é capaz de emagrecer ou engordar. No entanto, em um contexto individualizado para cada perfil e com o acompanhamento de um nutricionista, o caju pode promover a perda de peso, já que suas fibras tem a capacidade de prolongar a saciedade e, consequentemente, retardar a fome.

Malefícios

Se consumido em quantidades moderadas, não há malefícios na ingestão do caju. Porém, cada indivíduo precisa estar atento aos sinais de alergia que o corpo pode emitir após o consumo.

Quem não deve comer?

Diabéticos devem ficar atentos para a quantidade de frutas consumidas diariamente, como caju ou qualquer outra, isto porque podem elevar o nível de açúcar no sangue e causar malefícios.

Como consumir?

A polpa pode ser usada no preparo de sucos, compotas e sobremesas.

Receitas com caju

Suco de caju

Ingredientes

  • 2 unidades de caju maduro
  • 2 xícaras de chá de água
  • 4 colheres de sopa de açúcar demerara ou adoçante
  • 2 pedras de gelo

Modo de preparo

Retire as castanhas do caju e corte a fruta em cubos. Em seguida, coloque o caju e a água no liquidificador e bata bem. Passe na peneira. Depois, liquidifique o líquido peneirado com o açúcar e o gelo. Sirva em seguida.

Doce de caju

Ingredientes

  • 12 cajus maduros (sem a castanha)
  • 1 limão fatiado
  • 1 xícara de chá de água
  • Adoçante em pó a granel a gosto

Modo de preparo

Coloque os cajus em uma panela e, em seguida, faça furos em suas extremidades. Em seguida, adicione as fatias de limão e deixe-as com a fruta por cerca de 10 minutos. Após o período, retire o limão, adicione aos cajus picados a água. Cozinhe em fogo baixo por cerca de 1h30 – não use tampa na panela. Retire a panela do fogão e acrescente o adoçante. Sirva em temperatura ambiente ou gelado.

Geleia diet de caju

Ingredientes

  • 1 kg de caju
  • 3 colheres de sopa de adoçante para forno e fogão
  • 400 ml de água
  • 300 ml de suco do caju

Modo de preparo

Esprema os cajus e reserve um pouco de suco que foi extraído. Em uma panela de pressão coloque os cajus, o adoçante, a água e o suco. Tampe a panela e leve ao fogo. Deixe ferver por 1 hora em fogo baixo. Em seguida, tire a panela do fogo e deixe esfriar sem abrir a tampa. Após 1h30, coloque a mistura em um pote hermético e sirva gelado, como sobremesa.

Fonte

Nutricionista Rhubia Araújo, do Centro Terapêutico Máximo Ravenna. CRN 3 46156.