Benefícios da beterraba: aprenda a aproveitá-la por inteiro

26 de junho de 2018

|

POR Gustavo Frank

Comum nas refeições de muita gente, a beterraba pode agregar muito mais do que sua pigmentação arroxeada– originada da presença da betalaína em sua composição, aminoácido que protege as enzimas do corpo contra a desidratação.

A raiz é uma das principais fontes de fibra e vitaminas do complexo B (incluindo B1, B2, B5, B6 e B9), que é possível incluir na alimentação de diversas formas. Com o valor calórico bem baixo, ela possui ação anti-inflamatória, diurética, digestiva, desintoxicante natural e purificadora do sangue.

Conversamos com a nutricionista Mariana De Paula, formada pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), sobre a importância da beterraba e os motivos pelos quais ela pode ser essencial e contribuir para uma dieta rica em benefícios, promovendo o bem-estar do organismo.

Propriedades nutricionais

Destacando-se pela grande quantidade de fibras e vitaminas, ela possui uma vasta variedade de propriedades nutricionais em sua composição. Algumas delas são:

  • Fibras;
  • Vitamina A;
  • Vitamina B;
  • Vitamina C;
  • Vitamina E;
  • Vitamina K;
  • Fonte de carboidratos;
  • Cobre;
  • Magnésio;
  • Manganês;
  • Cálcio;
  • Potássio;
  • Nitratos;
  • Antioxidantes como carotenoides e licopeno.

Benefícios da beterraba

Ao contrário do “mito” de que ela pode ser uma inimiga para pessoas diabéticas, seu efeito é completamente o oposto, como conta a nutricionista. A raiz possui alta taxa de fibras, que retardam a absorção do nutriente pelo organismo, ou seja, auxilia o controle glicêmico após a refeição.

Há estudos também que afirmam que a betalaína auxilia no combate contra o câncer de cólon devido ao estímulo de produção dos glóbulos vermelhos. Além da presença de proantocianidinas, fitonutriente anticancerígeno.

Veja outros benefícios dela no corpo:

  • Melhora o funcionamento do sistema digestivo, prevenindo constipações;
  • Desintoxicante do organismo;
  • Manutenção dos tecidos dos tecidos cerebrais, auxiliando no processamento de informações sensoriais e bom funcionamento da memória;
  • Ajuda na formação dos ossos corpóreos;
  • Regula as funções nervosas e musculares;
  • Auxilia o funcionamento do baço e do fígado;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Estimulante para a produção de glóbulos vermelhos, que transportam oxigênio dos pulmões aos tecidos do corpo;
  • Diminui o risco de doenças cardiovasculares.

Para o intestino

O alto teor de fibras faz com que consumo da raiz auxilia no funcionamento do intestino, uma vez que suas propriedades previnem a constipação e promovem o amolecimento das fezes. Além disso, a beterraba ajuda na absorção e na eliminação de parte do colesterol e das gorduras ingeridas.

“Nesses casos, a melhor indicação feita para os pacientes é usar a raiz na elaboração de sucos para combater males como o intestino preso”, complementa Mariana.

Para a pele

Os benefícios da beterraba também podem trazer resultados estéticos. Por ser um desintoxicante natural que purifica o sangue, a raiz promove a elasticidade da pele e dá brilho a ela, além de proteger contra as radiações solares – acompanhada do uso frequente de um protetor solar adequado.

Com ação antienvelhecimento, suas propriedades anti-inflamatórias também auxiliam no tratamento contra a acne e furúnculos corporais.

“Se você busca por uma manutenção diária da pele, a salada de beterraba com cenoura pode ser uma grande aliada, visto que ambas contribuem para o bom funcionamento da derme”, conta a nutricionista.

Para o cabelo

Surpreendente, mas um fato. Ela pode contribuir para seus fios a partir da carotenoides, dando força e brilho para o cabelo. A partir desses benefícios, são renovadas as células capilares, algo que agiliza o crescimento dos fios e combate o frizz.

Beterraba na dieta

Como já apontamos anteriormente, a beterraba é uma grande aliada para quem possui colesterol alto e diabetes, devido as suas fibras solúveis.

Como mostra um estudo da Escola de Medicina da Universidade de Exeter, no Reino Unido, ela ainda ajuda na disposição do corpo para a prática de exercícios físicos, isso porque ela auxilia o poder de oxigenação das células, tornando-os menos cansativos.

“Em casos em que o paciente procura por perder peso, seu consumo é muito indicado, por ser um alimento com baixo nível de calorias e ser livre de gorduras”, conta.

Qual a melhor forma de comer?

Embora possa ser preparada de diversas formas, a melhor forma de consumi-la é crua. Isso porque a betalaína é sensível ao calor e pode perder suas propriedades benéficas quando submetidas ao cozimento, por exemplo.

Além dessa, sucos feitos a partir da combinação da raiz com outra fruta ou legume também possuem ações eficazes para quem quer aproveitar seus benefícios.

Oferece malefícios à saúde?

“Assim como qualquer outro alimento, a beterraba, quando consumida excessivamente, pode traze alguns malefícios”, conta Mariana. Por possuir uma grande quantidade de oxalato, seu consumo em excesso aumenta as chances da formação de pedra nos rins.

Como fazer o uso de beterraba?

Separamos 2 receitas com beterraba para acrescentar na sua dieta:

Suco de beterraba com limão

Nutritivo, pela sua alta quantidade de vitaminas, como a B e a C, o suco de beterraba com limão possui ação antioxidante e ajuda a combater a retenção de líquido. Veja os ingredientes necessários e o modo de preparo:

Ingredientes

  • 1 beterraba;
  • 1 limão;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Lave a beterraba, a descasque e corte em fatias. Faça o mesmo com o limão, cortando- em rodelas. Coloque a beterraba, o limão e a água em um liquidificador e bata. Sirva com açúcar ou adoçante, como preferir.

Homus de beterraba

  • 1 xícara de grão-de-bico;
  • 1/2 beterraba cozida;
  • 1 colher de sobremesa de pasta de gergelim;
  • 3 colheres de sopa de azeite;
  • Sal rosa do himalaia à gosto.

Modo de preparo

Basta bater todos os ingredientes em um processador e servir como preferir, desde como um acompanhamento para torradas ou para compor uma salada.