Benefícios do espinafre: vegetal previne queda de cabelo e alivia dores

08 de dezembro de 2017

|

POR Patrícia Beloni

Os benefícios do espinafre formam uma lista bastante extensa. Além de ser um dos alimentos mais saudáveis e nutritivos, ele também com poucas calorias e muitas vitaminas. Por isso, inclui-lo na dieta é bom não só para quem quer perder peso, mas também para quem quer cuidar do corpo e ficar protegido de uma série de doenças.

Não é à toa que o famoso marinheiro Popeye dos desenhos animados ficava mais forte e confiante depois de comer espinafre, lembram?

Com altos níveis de clorofila e fitoquímicos — compostos como betacaroteno, luteína e zeaxantina, que dão cor ao vegetal –, ele possui propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas, aponta a nutricionista funcional Orion Carneiro, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Sem contar que o espinafre também é rico em ferro, vitamina A, vitamina E, potássio, fósforo, vitamina K, magnésio, zinco, cálcio, vitaminas do complexo B e muitas fibras, que fazem bem para uma lista grande de funcionalidades e órgãos do nosso organismo, como os olhos, a pele, os ossos e o coração.

8 benefícios do espinafre na dieta

1. Ajuda a emagrecer

Rico em fibras, o espinafre é um grande amigo na hora de perder peso. “Sua composição nutricional é mais de alto teor de fibras, vitaminas e minerais do que de carboidratos, proteínas e gorduras, o que faz deste alimento um grande aliado em dietas que visam o emagrecimento”, explica a nutricionista.

2. Controla a diabetes

As fibras do espinafre ainda são ótimas para quem tem diabetes. O vegetal ajuda no controle glicêmico do corpo, não deixando que altas taxas de glicose permaneçam em excesso na nossa corrente sanguínea.

3. Deixa a pele mais firme

Segundo Orion, a presença da vitamina C e da vitamina A no espinafre contribui em grande escala para uma pele mais firme. “Isso porque estes dois nutrientes são fundamentais para melhor absorção do colágeno e formação de novos tecidos”, explica ela.

4. Tratamento para queda de cabelo

Outro vilão cai por terra com o espinafre. Por ser rico em ferro, vitamina A, vitamina C e zinco, o espinafre ajuda a fortalecer os fios e aumentam o volume de quem sofre com a temida queda de cabelo.

5. Alivia dores musculares

Por ser rico em magnésio, o espinafre também é um forte aliado na melhora das dores musculares. De acordo com a especialista, incluí-lo na dieta ajuda no relaxamento muscular e diminui a tensão e a dor — sem contar que é excelente para quem sofre com câimbras.

6. Previne câncer e o envelhecimento cerebral

A clorofila e os fitoquímicos são os responsáveis na luta do espinafre para a prevenção do câncer e do envelhecimento cerebral. “Eles ajudam no combate aos radicais livres — fator influenciador do desenvolvimento cancerígeno –, e funcionam como uma ‘vassourinha’ na eliminação de toxinas pelo nosso organismo”, diz a especialista.

7. Previne doenças respiratórias

Além disso, ainda ajuda na prevenção de doenças respiratórias por conter boas concentrações de vitamina E e antioxidantes. Eles fortalecem o sistema imunológico e deixam o corpo mais forte contra gripes e resfriados.

8. Saúde dos olhos

Até a luteína e zeaxantina, que são os pigmentos naturais do espinafre, servem em benefício do corpo. Elas são excelentes para os olhos e ajudam na prevenção da catarata e da degeneração da mácula (área da retina dos olhos, responsável pela visão de detalhes).

Espinafre cru na salada ou espinafre cozido?

Ainda segundo a nutricionista, a melhor forma de consumir espinafre é cozido, pois o percentual de absorção e aproveitamento dos nutrientes pelo organismo acaba sendo maior.

Isso acontece porque quando cozinhamos o espinafre, diminui o teor da concentração de ácido oxálico, que é um fator anti-nutricional e que, por isso, prejudica a absorção de vitaminas e minerais.

Mas para aproveitar ainda mais os benefícios do espinafre, existe ainda outra dica muito importante: prepará-lo com gorduras boas, como azeite, óleo de coco e abacate.

“Os fitoquímicos, por exemplo, são melhor absorvidos na presença dessas gorduras boas, portanto, quando consumir espinafre, procure adicionar uma delas”, aconselha a especialista.

E tem mais boas notícias: por ser considerado um superalimento e de baixa caloria, o espinafre pode ser consumido à vontade. Os perigos só existem para pessoas com doença renal e gota (doença inflamatória que afeta as articulações quando a taxa de ácido úrico no sangue fica acima do normal). Então, nestes casos, ele é contraindicado. Fique atento!

Veja a seguir duas receitas deliciosas para aprender a incluir os benefícios do espinafre de forma fácil e rápida na sua dieta.

Receita de suco de espinafre com abacaxi

Ingredientes

  • ½ folha de espinafre cozido;
  • 2 lascas de gengibre;
  • 1 fio de óleo de coco;
  • 2 rodelas de abacaxi;
  • 200 ml de água OU água de coco;
  • 2 pedras de gelo;
  • 1 pitada de cardomomo.

Modo de preparo

Cozinhe o espinafre primeiro. Enquanto isso, prepare as lascas de gengibre e corte as rodelas de abacaxi. Coloque o espinafre, o gengibre e o abacaxi no liquidificador. Depois adicione o óleo de coco, a água, as pedras de gelo e o cardomomo. Bata tudo e tome sem coar.

Receita de creme de espinafre saudável

Ingredientes

  • 100 g de espinafre cozido;
  • 1 colher de chá de farelo de aveia;
  • Pimenta do reino a gosto;
  • Cúrcuma a gosto;
  • 1 pitada de sal;
  • 1 colher de sopa de azeite.

Modo de preparo

Cozinhe o espinafre e depois bata no liquidificador junto com todos os outros ingredientes. Para quem quiser com mais consistência de caldo, é só acrescentar 200 ml de água e bater novamente.