Benefícios da hortelã vão além do calmante natural. Confira!

11 de dezembro de 2017

|

POR Patrícia Beloni

A hortelã, também conhecida pelo seu nome científico — mentha –, pode ser descrita como uma das ervas mais usadas na culinária. Segundo a nutricionista Aida Sahid Sayah, da Clínica Fares,isso se deve ao seu aroma único que é responsável por acrescentar uma mistura de frescor aos pratos.

“A característica verde e vibrante da hortelã faz com que ela pareça ainda mais exótica e é amplamente utilizada, seja em gomas de mascar, seja em produtos de higiene bucal, como anti-sépticos e creme dentais”, aponta. Mas não é só pelo gostinho refrescante não. Os benefícios da hortelã a tornam muito mais especial graças ao seu enorme valor nutritivo.

Além de possuir poucas calorias (70 kcal a cada 100 gramas), a erva contém inúmeros nutrientes essenciais ao nosso organismo. Dentre eles, estão a fibra dietética, as vitaminas C, B e D, além de minerais como o magnésio, ferro, o sódio e o potássio. Veja a seguir as vantagens que o consumo da hortelã traz para o nosso corpo:

5 benefícios da hortelã para a saúde

1. Ajuda a emagrecer

A hortelã é um grande aliado para quem quer emagrecer. Ela dá a sensação de saciedade, evitando a ingestão de calorias extras. “Uma boa dica para terminar a refeição principal e se dar por satisfeito(a), o indicado é tomar uma xícara de chá de hortelã”, aconselha Aida.

A erva ainda atua como diurético, reduz a presença de açúcares e calorias vazias no nosso organismo, dissolvendo-os.

2. Calmante natural

Os óleos essenciais de hortelã são outras substâncias que atuam bem para o corpo. De acordo com a nutricionista, funcionam como calmantes e sedativos naturais. Não à toa o chá de hortelã é tão popular e tão indicado para quem precisa dar uma acalmada nos nervos.

3. Regula o intestino e alivia dores

A hortelã ajuda na absorção dos nutrientes  pelo intestino delgado, reduz qualquer irritação das paredes intestinais, fortalece a flora bacteriana e alivia dores e incômodos na região.

Ao mesmo tempo em que previne, a erva também é tratamento. “A hortelã é ainda muito indicada para quem sofre da doença de Crohn, síndrome do intestino irritável, colite ou qualquer outra patologia associada com os intestinos”, ressalta a especialista.

4. Fortalece o fígado

A hortelã também é um excelente antioxidante, capaz de favorecer as funções do fígado. “Ela ajuda na sua regeneração quando necessário e auxilia na melhor depuração das toxinas”, explica a nutricionista Aida.

5. Evita retenção de líquidos

A hortelã em chá ajuda a evitar a retenção de líquidos e o inchaço da barriga, e não permite a formação de gases. Sem contar que ajuda o nosso organismo a obter os nutrientes dos alimentos de forma potencializada.

Tipos de hortelã e suas utilidades

Existem diversos tipos de hortelã e cada um pode trazer benefícios diferentes, além dos já citados acima. Confira as vantagens nutricionais de cada um dos tipos mais conhecidos de hortelã:

Hortelã pimenta

A hortelã pimenta é uma opção mais do que boa para tratar problemas gastrointestinais. Ela serve também para evitar cãibras, aliviar dores nos nervos e até como descongestionante nasal e analgésico.

Hortelã branca

A folha da hortelã branca é mais recomendada para tratamentos do sistema digestivo, auxiliando principalmente em problemas que afetam o estômago. Da mesma forma, ela é um antigripal e tem ótima ação antisséptica.

Hortelã da folha grossa

Este tipo de hortelã é usado para aliviar dores de cabeça e dores de ouvido — em forma de compressas. Em sua versão xarope, serve ainda para tratar inflamações no colo do útero e bronquite.

Hortelã da folha miúda

Além da aplicação em casos gástricos, a hortelã de folha miúda é um ótimo vermífugo para combater giardíase e amebíase. É muito recomendada também para problemas respiratórios.

Hortelã do norte

A hortelã do norte é indicada para problemas estomacais, digestivos e para tratar gripes e resfriados. Também possui propriedades antissépticas.

Hortelã portuguesa

Já a hortelã portuguesa é o tipo mais indicado para aliviar enjoos, inclusive os que são provocados por causas emocionais.

Hortelã poejo

A hortelã poejo serve para aliviar a tosse e combater infecções bucais. Ela ajuda a evitar gases e pode ser usada ainda como repelente e como opção de tratamento contra picada de mosquitos ou pulgas.

Hortelã do campo

Este é um dos tipos de hortelã que são muito utilizados na forma de óleo por conter altas doses de mentol, mentona e cineol. É um calmante natural, refrescante e suavizante. Tem propriedades antissépticas, antibióticas e anti-infecciosa.

Como usar hortelã

A nutricionista Aida recomenda consumir a hortelã em chá, entre 10 e 20 minutos depois de ter se alimentado. Isso porque é o momento da digestão e é justamente aí que a hortelã poderá oferecer os seus principais benefícios nutricionais.

Só que para que isso aconteça, a maneira mais correta de se preparar o chá é por meio da infusão. “Trata-se de uma receita que permite que o chá retenha grande parte de suas propriedades terapêuticas”, explica a doutora.

Contraindicações da hortelã

Mas a especialista alerta que a hortelã não é indicada para pessoas que sofrem de cálculos biliares ou renais, nem para crianças menores de dois anos de idade, por conter mentol. Altas doses de chá de hortelã também não são indicadas porque podem causar insônia.

Entretanto, quando usada com moderação, os benefícios da hortelã podem fazer toda a diferença. Confira abaixo duas receitas diferentes de chá de hortelã para você experimentar em casa:

Receita de chá de hortelã

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de folhas frescas de hortelã;
  • 500 ml de água.

Modo de preparo

Coloque a água no fogo primeiro até levantar a fervura. Adicione, então, as folhas de hortelã e desligue o fogo. Tampe o recipiente e deixe em repouso de 5 a 10 minutos. Depois é só coar e servir.

Receita de chá marroquino de hortelã

Ingredientes

  • 5 copos de água;
  • 1 colher (sopa) de folhas soltas de chá-verde;
  • 10 folhas de hortelã;
  • 4 colheres de chá de açúcar mascavo (caso deseje adoçar);

Modo de preparo

Coloque 1 xícara de água para ferver. Enquanto isso, lave as folhas de hortelã e reserve. Coloque as folhas de chá verde em uma chaleira e adicione 1 xícara da água fervente.

Após 2 ou 3 minutos, remova a água, deixando as folhas de chá-verde, e adicione 4 xícaras de água recém-fervida. Deixe descansar por 2 minutos. Adicione as folhas de hortelã e o açúcar mascavo e está pronto.