Batata yacon: receitas e benefícios da raiz que emagrece e reduz diabetes

02 de agosto de 2018 ● POR Amanda Grecco

Você já ouviu falar na batata yacon? Conhecida também como batata diet, sua aparência lembra a batata-doce, mas tem sabor mais semelhante ao de uma pera. Ela é originária da região dos Andes e foi parte da alimentação dos Maias e Astecas, sendo atualmente muito consumida na Colômbia e no Peru.

Além de ter poucas calorias, o alimento é repleto de benefícios. A seguir, saiba quais e como aproveitá-los:

Propriedades nutricionais da batata yacon

A batata yacon contém:

  • Carboidratos
  • Fibras solúveis e insolúveis
  • Proteínas
  • Gorduras
  • Potássio
  • Cálcio
  • Fósforo
  • Ferro
  • Frutooligossacarídeos (açúcares não convencionais, não absorvidos pelo organismo humano e baixos em calorias)
  • Carotenoides

Assim como outros tubérculos, o envelhecimento da batata yacon faz com que sua composição perca água com muita rapidez, o que gera alterações na tabela nutricional. Além disso, as propriedades antioxidantes também podem ser prejudicadas neste processo.

O valor nutricional ainda pode ser alterado pela forma como essa raiz é plantada, incluindo solo, clima, altitude e armazenamento pós colheita.

Para que serve batata yacon

 

Batata crua e chips.

OlegPandaBoev/Shutterstock

Os benefícios da batata yacon são inúmeros e podem ser aproveitados por qualquer pessoa para a ajudar no bom funcionamento da saúde, porém, de acordo com a nutricionista funcional Vanessa Fenyves Ary, a raiz colabora principalmente com quem tem resistência insulínica, casos de diabetes na família ou qualquer sintoma que indique falha de captação de glicose.

Ela também é útil para quem tem dificuldade em emagrecer e sente muita fome.

Para diabetes e outras doenças metabólicas

Por possuir carboidratos do grupo dos frutooligossacarídeos — que não é digerido pelo intestino —, mais especificamente do tipo inulina, a batata yacon ajuda a controlar os níveis de glicose e estimula a produção de insulina no pâncreas.

Diferente da batata inglesa, que é rica em amido, a yacon tem baixo índice glicêmico e muitas fibras, o que significa que é digerida lentamente pelo corpo e, portanto, evita picos de insulina. “Ela gera aumento e queda gradual da glicemia, dando energia por mais tempo e menos fome”, diz Vanessa.

Outro fator que torna essa raiz benéfica para os diabéticos tem a ver com o fato de o chá de suas folhas aumentar levemente a secreção de insulina pelo pâncreas, enquanto reduz a absorção de glicose no intestino. Entretanto, o chá deve ser consumido com parcimônia já que pode ter efeitos colaterais sobre os rins.

Regula o intestino

A batata yacon tem muita água e uma pequena quantidade de fibras em sua composição, ajudando na hidratação e no bom funcionamento do intestino. Ainda mais interessante que isso, é que seus carboidratos incentivam a atividade de bactérias benéficas na microbiota intestinal, de modo a funcionar como um probiótico natural.

“O intestino é a casa da saúde e ter uma flora equilibrada garante muitos aspectos positivos, como evitar o acoplamento de organismos intrusos em nosso organismo, como fungos, bactérias patogênicas e parasitas”, explica a nutricionista.

Ainda segundo ela, o intestino saudável permite desintoxicação e evacuação mais eficazes, além de promover melhor absorção de vitaminas e produção de hormônios e enzimas.

Aumenta a absorção de nutrientes

Os fruto-oligossacarídeos melhoram a microbiota do cólon, de modo a entrar em contato com bactérias que liberam ácidos graxos que facilitam a absorção de cálcio, ferro e magnésio.

Controla o colesterol

Como o organismo produz sal biliar para que a gordura presente nos alimentos seja corretamente digerida, ter uma flora rica em bactérias benéficas é essencial para que o colesterol seja corretamente eliminado.

Caso o intestino não disponha de uma, esse sal biliar não consegue retornar ao fígado para compor uma nova bile e acaba absorvido pela corrente sanguínea, aumentando o nível de colesterol.

Previne desordens no sistema cardiovascular

O potássio presente no alimento tem a capacidade de dilatar os vasos e o aumentar o fluxo sanguíneo, de modo a reduzir a pressão no sistema cardiovascular.

Essa função vasodilatadora faz com que o oxigênio seja transportado com mais facilidade para todo o corpo, reduzindo a possibilidade de doenças relacionadas ao sistema cardiovascular.

Batata yacon emagrece?

Além de a batata yacon ter poucas calorias, a presença de fibras prolonga a sensação de saciedade, já que forma um gel que “enche” o estômago e é lentamente digerido.

Os carboidratos não absorvidos facilmente pelo organismo impedem picos glicêmicos que promovem o armazenamento de energia em forma de gordura.

Quanto comer por dia?

Para a prevenção de doenças pelas propriedades deste alimento, a nutricionista indica três rodelas de yacon por refeição junto com uma salada.

Vanessa alerta para que o consumo não seja feito em jejum. “Não é para ser usada como um lanche em momentos em que a pessoa está com o estômago vazio porque pode reduzir muito a glicemia”, afirma. Então, é ideal comê-la após a ingestão de algum alimento com carboidrato, a fim de reduzir o índice glicêmico.

Existem malefícios?

Um estudo realizado pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da Universidade de São Paulo (USP) mostrou que o consumo do chá de folhas de yacon pode ser perigoso.

O grupo realizou testes com ratos por 90 dias e, ao fim da pesquisa, foi possível notar que o consumo diário de três xícaras de chá das folhas da planta para um adulto de 70 quilos tem potencial para lesionar os rins.

Entretanto, não há outro aspecto do tubérculo que foi considerado prejudicial para a saúde até o momento.

Como comer?

Como consumir batata yacon é mais simples do que parece: seu sabor doce permite que seja consumida crua como sobremesa e substitua sobremesas gordurosas e com açúcar refinado.

Receitas com batata yacon

Bruschetta de batata yacon

Ingredientes

  • 1 maço de salsinha picado
  • ¼ de xícara de chá de cebolinha picada
  • 8 xícaras de chá de água
  • 2 xícaras de chá de amêndoas
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 pitada de pimenta-do-reino
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • Sumo de um limão
  • 1 batata yacon cortada em rodelas

Modo de preparo

Deixe as amêndoas de molho por oito horas em quatro xícaras de água. Escorra o líquido e bata no liquidificador com as outras quatro xícaras de água. Coe o líquido com um voal.

Coloque os resíduos da amêndoa em uma tigela e tempere com o sal, azeite, limão, pimenta, salsinha e cebolinha. Disponha a mistura sobre as rodelas cruas de batata yacon e sirva.

Ceviche com batata yacon

Ingredientes

  • 200 g de saint petter cortado em tiras
  • Sumo de dois limões
  • 1 milho verde
  • 2 batatas yacon cortada em tiras
  • 1 maçã verde picada
  • Gengibre ralado a gosto
  • 1 cebola-roxa pequena picada
  • 1 xícara de chá de salsinha picada
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 pimenta dedo-de-moça picada bem fininha

Modo de preparo

Cozinhe o milho na pressão até que fique macio e corte em rodelas.

Em uma tigela, coloque todos os ingredientes, exceto o milho e misture bem. Decore com o milho e sirva ainda fresco.