Amora: benefícios, tipos e receitas deliciosas com a frutinha

25 de outubro de 2018

|

POR Manuela Sampaio

A amora é uma frutinha que tem tantos benefícios para a saúde que virou febre até sob a forma de chás e cápsulas. Suas ações no corpo são muitas e vão desde facilitar o emagrecimento até prevenir o câncer. Mas, antes de transformá-la em aliada, é preciso conhecer bem seus efeitos. Descubra todos a seguir.

Lista de propriedades

A nutricionista Mariellen Emidio Figueroa, especialista em alimentação funcional do Kurotel – Centro Médico de Longevidade & Spa, explica que os principais nutrientes da amora são:

Todas essas propriedades a tornam uma aliada da saúde, mas existe outra que a estabelece como um alimento com benefícios ainda mais especiais: a presença massiva de antioxidantes. Quanto mais pigmentos de coloração azul, roxa e vermelha (o que diferencia a amora-branca, que tem menos, da amora-vermelha e da amora-preta) maior é a quantidade de antocianinas, substância com este poder.

Tipos

 

Amora branca.

Nastasic/IStock

Amora-preta

O fruto da planta Morus nigra L. Moraceae, conhecido popularmente como amora-preta, é o que proporciona mais benefícios para a saúde dentre todas as variedades da fruta. Isso se deve principalmente à presença de compostos fenólicos, flavonoides e antocianinas.

Amora-vermelha

Também chamada de morango silvestre e de nome científico Rubus rosifolius, a amora-vermelha lembra muito uma framboesa e é usada de diversas maneiras na alimentação – in natura ou em geleias, por exemplo.

Alimentos de coloração naturalmente avermelhada, como é o caso, são ricos em antocianinas.

Há ainda um outro tipo de coloração avermelhada, a amora silvestre, de nome científico Rubus fruticosus, que também pode ser consumida e é altamente nutritiva.

Amora-branca

A Morus alba, nome científico desta fruta, é bem mais rara na alimentação humana se comparada com as versões preta e vermelha.

Ela costuma ser cultivada para que suas folhas sirvam de alimentação para o bicho-da-seda, mas, recentemente, passou a ser comercializada para chás que prometem ajudar mulheres no período da menopausa.

Benefícios da amora

Anti-inflamatória, anti-idade e anticarcinogênica

As antocianinas presentes em algumas variedades de amora atuam combatendo os radicais livres no corpo e, por isso, possuem ação contra inflamação e formação de tumores.

Amora emagrece

A especialista explica que a amora negra auxilia na redução da glicemia e do peso corpóreo graças à presença de compostos fenólicos e flavonoides. Essas substâncias atuam lentificando a absorção de carboidratos no intestino e otimizando a ação da insulina.

Combate à trombose

A ação antioxidante das antocianinas age também nos vasos e garante, de acordo com a nutricionista, prevenção da trombose – formação de trombos na corrente sanguínea.

Menopausa

A nutricionista lembra que alguns estudos mostraram que as folhas da amoreira podem reduzir os sintomas do climatério. Esta ação pode estar relacionada à presença de constituintes flavonoídicos, especialmente as isoflavonas.

“Quando ingeridas, as isoflavonas são hidrolisadas no intestino e liberam substâncias como a daidzeína, genisteína e gliciteína, que são formas biologicamente ativas que se comportam como estrógenos (hormônio feminino)”, comenta.

Um estudo realizado na Itália encontrou um resultado parecido para as folhas de amora-branca: quando seu extrato foi combinado com outros suplementos contendo isoflavonas da soja, magnésio e Angelica sinensis, houve redução nos sintomas da menopausa.

Benefícios das cápsulas de amora

Nos últimos anos, tornaram-se populares as cápsulas de amora, principalmente da branca, para aliviar os sintomas da menopausa.

No entanto, antes de iniciar o consumo do suplemento, é importante conversar com médico ou nutricionista para descartar contraindicações e interações medicamentosas.

Engorda?

Cada 100 gramas possuem cerca de 52 calorias, de acordo com o banco de dados nutricionais do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

Portanto, a fruta amora pode fazer parte de uma dieta com o objetivo de emagrecimento. Suas propriedades anti-inflamatórias e de controle da glicemia a tornam uma aliada poderosa.

Faz mal?

A nutricionista explica que não existem registros na literatura médica de qualquer caso de intoxicação com amoras.

No entanto, o consumo em chás deve ser mais cuidadoso, como explica a nutricionista: “Dentre os compostos antioxidantes presentes nas folhas da Morus nigra L., quando ocorre o processo de infusão das folhas, é liberada uma alta quantidade de taninos, substâncias que podem promover irritação das mucosas digestivas, principalmente em pessoas que apresentam gastrite e úlcera gastrointestinal.”

Por fim, lembre-se que que todo alimento deve ser consumido de forma moderada e inserido em uma alimentação variada e saudável.

Quem não deve comer?

Por causa da liberação de taninos, o uso das folhas de Morus nigra em chás é contraindicado para pessoas com gastrite e úlcera gástrica.

Como usar e consumir?

“A quantidade diária recomendada de amora é de uma xícara de chá [cerca de 165 gramas]”, diz a especialista.

Receitas com amora

 

Chá de amora na xícara.

Nuttaya99/IStock

Chá de amora

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de folhas secas de amoreira
  • 500 ml de água

Modo de preparo

Ferva a água e, em seguida, retire-a do fogo. Adicione as folhas e deixe descansar por 5 a 10 minutos.

Geleia de amora

Ingredientes

  • 500 gramas de amoras parcialmente maceradas
  • 1 xícara de chá de açúcar ou 1 xícara de chá de adoçante culinário
  • 1 copo de água

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes em uma panela e mexa até ferver. Em seguida, deixe em fogo baixo por cerca de 30 minutos, mexendo esporadicamente até atingir consistência de geleia.

Suco de amora

Ingredientes

Modo de preparo

Bata tudo no liquidificador e, se desejar, sirva com gelo.

Mousse de amora

Ingredientes

  • 1 caixa de gelatina de morangos
  • 1 polpa de amora congelada
  • ½ xícara de chá de iogurte desnatado
  • 2 xícaras de chá de água fervente

Modo de preparo

Dilua a gelatina em água quente, depois bata no liquidificador com os demais ingredientes. Por fim, distribua em taças e coloque na geladeira até endurecer.

Frapê de amora

Ingredientes

  • 1 polpa de amora congelada
  • 1 polpa de manga congelada
  • 1 iogurte desnatado
  • 1 xícara de chá de água

Modo de preparo

Bata tudo no liquidificador e sirva.

Fontes

Nutricionista Mariellen Emidio Figueroa, especialista em alimentação funcional do Kurotel – Centro Médico de Longevidade & Spa

United States Department of Agriculture. Food Composition Databases Show Foods.