Ameixa: tipos, receitas e benefícios para a saúde

21 de dezembro de 2018

|

POR Manuela Sampaio

Seja seca ou in natura, a ameixa é uma velha conhecida de quem tem intestino preguiçoso. Mas seus benefícios não param por aí. Rica em nutrientes, ela é uma ótima opção para quem treina e boa substituta para o açúcar. Veja mais bons motivos para consumi-la a seguir.

Propriedades

A nutricionista Edvânia Soares, pós-graduada em nutrição clínica esportiva, explica que há três principais propriedade nutricionais nas ameixas: grande quantidade de fibras, de potássio e de antioxidantes.

Além disso, a fruta tem cálcio, magnésio, fósforo, vitamina C e proteínas.

Tipos

Segundo a nutricionista e consultora da Superbom, Cyntia Maureen, o que difere a cor das ameixas é o fitoquímico (pigmento) que ela contém.

Ameixa preta

Esta variedade da fruta é rica em antioxidantes antocianinas, que conferem maior saúde e longevidade às células e contribuem para a saúde do coração e das artérias.

Ameixa amarela

Possui carotenoides que favorecem a saúde da pele e mucosas e contribuem para a visão e sistema imunológico.

Ameixa vermelha

Contém flavonoides que têm ação anti-inflamatória, contribuem para a pele e reduzem o risco de câncer.

Ameixa in natura x Ameixa seca

A ameixa seca, por ser desidratada, é mais concentrada em açúcares e possui quantidade muito pequena de água. Por isso, ela não é recomendada para pessoas diabéticas. O processo de desidratação também faz com que a vitamina C presente na fruta se perca. Porém, quando com constipação, potencializa o efeito laxativo.

Já a fruta in natura possui todos os nutrientes íntegros. O ideal é consumi-la com a casca para aproveitar o alto teor de fibras.

Benefícios da ameixa

Melhora trânsito intestinal e dá saciedade

A ameixa é rica em fibras que otimizam o trânsito intestinal, ajudando na formação do bolo fecal, e dão saciedade, já que aumentam o tempo de digestão.

Flora intestinal saudável e sistema imunológico forte

As fibras têm ainda outro papel: elas contribuem para que a flora bacteriana do intestino seja saudável e diversificada. As bactérias do órgão estão relacionadas a diversos processos do corpo, por isso inúmeros benefícios podem ser sentidos, como fortalecimento do sistema imunológico e melhora do humor.

Ótimo pós-treino

O potássio é importante para repor eletrólitos do corpo e melhorar a contratilidade muscular, o que torna a ameixa uma boa opção para consumo após treinos. Ela ainda evita cãibras e ajuda a manter pressão arterial estável.

Antioxidante e anti-inflamatória

A depender do tipo, as ameixas possuem diferentes tipos de antioxidantes, substâncias que combatem os radicais livres que prejudicam células saudáveis.

Em geral, esse nutriente previne envelhecimento, estresse celular e formação de células tumorais (câncer). Também auxiliam na prevenção do envelhecimento precoce do coração e das doenças cardiovasculares.

Engorda?

Segundo Cyntia, a ameixa in natura possui baixo nível calórico e ainda é fonte de vitaminas, fibras e minerais.

Cada ameixa tem cerca de 30 calorias, de acordo com a Tabela de Composição Química dos Alimentos da Unifesp. Isso a torna uma ótima aliada à perda de peso.

É preciso cuidado, no entanto, com as ameixas secas, isso porque é mais fácil comer grandes quantidades dela do que das in natura, o que resultará em um consumo elevado de açúcar. Mas, se consumida com moderação, pode ser uma ótima aliada de dietas.

Malefícios

A ameixa não faz mal, mas alguns  modos de consumo podem gerar efeitos indesejados. Um deles é o chá de ameixa: tomar a água fervida com a fruta seca acabará resultando apenas em consumo de açúcar elevado, sem ingestão suficiente de fibras.

Outro uso que pode ser benéfico, mas gera efeitos colaterais, é tomar a água de ameixa, feita com a fruta seca mergulhada no líquido por algumas horas, e comer a fruta embebida. Apesar de apresentar disponibilidade de fibras levemente maior e aliviar constipação, geralmente há mais de uma ameixa, o que resulta em consumo de muito açúcar. A quantidade elevada de açúcar e a ausência de mastigação (já que a ameixa fica pastosa) alteram ainda o processo digestivo, gerando fermentação e gases.

Tanto para ameixa seca quanto in natura, o ideal é consumir uma unidade por dia.

Quem não deve comer?

Qualquer pessoa que tenha alguma sensibilidade particular ao consumo da ameixa, como efeito laxativo indesejado, deve evitá-la.

Além disso, há quem possua intolerância à frutose, que é o açúcar das frutas. Nesse caso, é indicado fazer acompanhamento médico e nutricional para adaptar a alimentação.

Receitas com ameixa

Suchá de ameixa

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de uma ou duas destas ervas: camomila, erva-doce, funcho ou hortelã
  • 300 ml de água
  • 1 ameixa

Modo de preparo

Prepare um chá com uma ou duas das ervas citadas em infusão na água. Quando estiver pronto, bata com a ameixa. Beba gelado.

Bolo de ameixa e tapioca

Ingredientes da massa

  • 250 gramas de tapioca
  • 500 ml de leite de vaca ou vegetal
  • 1 pitada de sal
  • 300 ml de leite de coco
  • 2 ameixas secas maceradas ou 2 colheres de sopa de açúcar de coco

Ingredientes da calda

  • 8 ameixas secas hidratadas na água
  • 200 ml de leite vegetal
  • 2 colheres de sopa de coco ralado

Modo de fazer

Hidrate a tapioca com o leite de vaca ou vegetal e mexa. Adicione o leite de coco, o sal e o açúcar e misture bem. Coloque em uma forma e leve na geladeira por 12 horas.

Para a calda, despreze a água que hidratou as ameixas. Macere-as e misture bem com o coco ralado e o leite vegetal. Jogue por cima do bolo e sirva.

Manjar de ameixa e coco

Ingredientes da massa

  • 100 gramas de amido de milho
  • 2 xícaras de chá de açúcar branco
  • 200 ml de leite de coco
  • 1 litro de leite de vaca ou vegetal

Ingredientes da calda

  • 200 gramas de ameixas secas
  • 3 colheres de sopa de agave ou mel
  • 1 xícara de chá de vinho tinto
  • 1 canela em pau
  • 5 cravos

Modo de fazer

Em uma panela longe do fogo, misture o amido de milho, o açúcar e o leite de coco até dissolverem bem. Adicione o leite, leve ao fogo e mexa até engrossar. Em seguida, leve à fôrma e mantenha em geladeira por 12 horas.

Para a calda, leve todos os ingredientes no fogo e mexa até o volume reduzir pela metade. Deixe esfriar e despeje por cima do manjar.

Suco de ameixa

Ingredientes

  • 1 ameixa
  • 1 fatia de abacaxi
  • 1 ramo de hortelã
  • 1 rodela de gengibre

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no liquidificador e consuma.

 

Fontes

CFN. Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO). Disponível em: www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2017/03/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf

Departamento de Informática em Saúde.Relatório básico: Ameixa, crua. Disponível em: tabnut.dis.epm.br/index.php/alimento/09279/ameixa-crua