Abacate: benefícios, receitas, tipos e como cultivar

10 de janeiro de 2019

|

POR Gabriele Amorim

O abacate é o fruto do abacateiro, árvore nativa do México e da América do Sul. Tornou-se comum na alimentação do brasileiro por ser versátil para o uso em pratos doces e salgados, além de muito nutritivo. Conheça mais sobre o abacate, suas propriedades, tipos e receitas.

Propriedades

Um abacate pequeno, com 150 gramas de polpa fornece:

  • 240 calorias
  • 22 gramas de gorduras
  • 13 gramas de carboidratos
  • 3 gramas de proteínas
  • 10 gramas de fibras

Quase 70% das gorduras encontradas no abacate são monoinsaturadas, a maioria de ácido oleico, e o restante é composto por gorduras poli-insaturadas, sendo elas ômega-6 e ômega-3, e gorduras saturadas, sendo ácido palmítico.

O abacate também oferece uma variedade muito grande de vitaminas e minerais. Destacam-se:

Tipos

Há três principais tipos de abacate, embora existam muitos outros:

Mexicano: fruto pequeno com formato alongado e casca lisa;
Guatemalteco: fruto pequeno com formato arredondado e casca rugosa;
Antilhano: fruto grande com formato alongado e casca verde.

No Brasil, são produzidas as variedade de abacate Breda, Fortuna, Geada, Margarida, Ouro Verde, Quintal e Hass. A variedade Hass que é pequena e possui casca escura, é conhecida como avocado (abacate em espanhol).

Benefícios

Combate colesterol e protege o coração

O abacate auxilia no tratamento do colesterol, triglicérides e doenças cardiovasculares, devido ao fato de ser rico em gorduras monoinsaturadas.

Cuida da pele

Além de auxiliar a prevenir o envelhecimento precoce, devido à presença de antioxidantes, aumenta também a absorção de licopeno e betacaroteno, pigmentos que ajudam a manter a pele saudável.

Para o intestino

Também auxilia na melhora do funcionamento do intestino pelo alto teor de fibras.

Caroço do abacate

O caroço de abacate é rico em fitoquímicos bioativos, em antioxidantes e tem algumas das qualidades medicinais da casca da fruta, da polpa e das folhas. Porém, possui maior concentração de ácidos graxos essenciais do que as outras partes da planta, assim como de taninos, o que o torna amargo.

Ainda há poucos estudos conclusivos sobre os benefícios da ingestão do caroço de abacate por humanos. Apesar disso, algumas pessoas o usam para preparação de chás e farinhas.

Abacate engorda?

Dentro de uma dieta saudável e um cardápio equilibrado, o abacate não engorda e sim auxilia o emagrecimento por meio de seus benefícios, como suas fibras que prolongam a sensação de saciedade.

Contudo, uma porção de 100 gramas de abacate contém em média 180 calorias, valor relativamente alto para uma fruta.

Dessa forma, o consumo de frutas de alto valor calórico, principalmente por pessoas em processo de emagrecimento, deve ser orientado individualmente por um nutricionista.

Pode fazer mal?

Se consumido excessivamente, o abacate pode trabalhar de forma inversa, levando ao ganho de peso, aumento do colesterol e triglicérides.

Indivíduos com alergia ao látex devem consultar um médico antes de consumir a fruta, pois há o risco de hipersensibilidade.

Pessoas que possuem dislipidemia – colesterol alto no sangue – e em processo de emagrecimento, devem consumir sob orientação de nutricionista, a fim de estabelecer as porções adequadas.

Como plantar abacate?

Ter um pé de abacate em casa pode ser mais simples do que parece, mas exige dedicação. Saiba como cultivá-lo:

  1. Retire a semente do abacate, de preferência orgânico para facilitar o processo de reprodução.
  2. Encha um copo com água, espete o caroço com três espetos e coloque-o sobre a boca do copo, de forma que a parte de baixo da semente fique imersa na água e a parte de cima não. Deixe o copo perto de uma janela com luz natural.
  3. Entre duas e quatro semanas os primeiros sinais do broto aparecerão. Enquanto isso, deve-se trocar a água do copo semanalmente e ter o cuidado para que o recipiente não se torne propício para o desenvolvimento de mosquitos transmissores de doenças.
  4. A partir do segundo mês, o broto começará a crescer e aos poucos as folhas surgirão. Mantenha-o no copo com água até que tenha entre 10 e 20 centímetros de altura. A partir disso, parte das folhas mais antigas podem ser podadas e a semente estará pronta para ser plantada um vaso.
  5. Retire a muda do vaso apenas quando ela já estiver grande demais para continuar a se desenvolver. Dessa forma, a muda poderá ser plantada em um jardim e, com o passar do tempo, os frutos aparecerão.

Receitas

Confira algumas receitas fáceis e muito versáteis com abacate:

 

Vitamina de abacate.

viennetta/ShutterStock

Vitamina de abacate

Ingredientes

  • 1/2 abacate
  • 1 copo de leite gelado
  • Adoçante ou açúcar demerara a gosto

Modo de preparo

No liquidificador, bata a polpa do abacate com o leite e o adoçante ou açúcar. Sirva logo em seguida e é isso, a sua receita com abacate está pronta.

Mousse de abacate

Ingredientes

  • 3 abacates grandes
  • 2 xícaras de chá de leite
  • 1/2 xícara de chá de açúcar demerara ou adoçante
  • 1 lata de creme de leite
  • 2 colheres de sopa de suco de limão

Modo de preparo

No liquidificador, bata a polpa do abacate com todos os outros ingredientes. Distribua o conteúdo em taças, cobrindo-as com filme plástico. Leve à geladeira até gelar e endurecer. Decore com raspas de casca de limão e é isso, a sua receita de mousse de abacate está pronta.

Hidratação com abacate para o cabelo

Ingredientes

  • 1/2 abacate
  • 2 colheres de sopa de mel

Modo de preparo e uso

No liquidificador, bata a polpa do abacate com o mel para dar liga. Passe o conteúdo nos cabelos úmidos e deixe agir por 30 minutos, com uma touca térmica ou de banho. Finalize lavando como de costume, com xampu e condicionador.

 

Fontes

Nutricionista Angélica Grecco, do Instituto EndoVitta – CRN 26241

Ciclo Vivo. Aprenda a germinar uma semente de abacate e faça a sua própria muda. Disponível em: ciclovivo.com.br/mao-na-massa/horta/aprenda-a-germinar-uma-semente-de-abacate-e-faca-a-sua-propria-muda

Conselho Federal de Nutrição. Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO). www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2017/03/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf