A cúrcuma e seus benefícios

03 de agosto de 2017

|

POR Lucas Coelho

Amplamente cultivada na região tropical da Ásia, a cúrcuma é um tipo de erva pertencente à família do gengibre e também é conhecida como açafrão-da-terra, açafrão-da-índia, e gengibre amarelo. Utilizada como tempero em diversas cozinhas do mundo, sua eficiência como erva medicinal também já foi comprovada.

Culinárias do Irã, Malásia, Índia, China, Polinésia e Tailândia são alguns exemplos das que dispõem bastante dessa erva. Especialmente entre indianos e chineses, a cúrcuma é usada há séculos para tratar doenças dermatológicas, infecções, estresse e depressão.

“A presença de polifenóis intensifica seus efeitos antioxidantes e os efeitos anti-inflamatórios”, afirma a nutricionista Catharina Paiva. “Os efeitos anticancerígenos já têm respaldo científico, assim como o seu papel na prevenção e tratamento de diversas outras doenças como cancro, autoimunes, neurológicas, cardiovasculares e diabetes.”

A lista de benefícios é extensa, mas isso não significa que todos os problemas se resolverão apenas consumindo essa especiaria. “O que pode limitar seus efeitos é sua baixa taxa de solubilidade em água, o seu rápido metabolismo e eliminação do corpo, e, consequentemente, uma fraca biodisponibilidade (percentual de aproveitamento de uma substância pelo organismo).”

O caminho então é implementar a cúrcuma na sua dieta em diversas frentes para poder usufruir de suas vantagens. A chef Verônica Wissmann lembra que a especiaria é presente também na culinária marroquina para fazer Tajine, prato típico do norte da África, e faz outras sugestões.

“Fica uma delícia em farofa de banana, frango Tikka Masala (indiano) e chutney de manga (molho agridoce que pode ser combinado com vários tipos de carne). Casa bem com lentilha e é, por exemplo, a planta é a que dá a cor amarelada à maioria dos molhos curry e de mostarda”, recomenda a chef.

Receita de Tajine com cúrcuma

Ingredientes

  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola média picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 colheres de chá de coentro em pó
  • 2 colheres de chá de cominho em pó
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 xícara de grão de bico cozido
  • 1 lata de tomate em pedaços
  • 1 colher de sopa de cúrcuma
  • 400ml de caldo de legumes
  • 2 cenouras em rodelas
  • 250g de cogumelos cortados
  • 1 colher de sopa de salsinha fresca picada
  • raspas de 1/2 limão siciliano

Preparo passo a passo

  • Refogar o alho e a cebola.
  • Adicionar as especiarias em pó e mexer até ficar levemente dourado.
  • Adicionar os cogumelos e cozinhar por 2 minutos em fogo baixo.
  • Juntar os tomates, o grão de bico, e o caldo, e cozinhar por 20 minutos em fogo baixo.
  • Polvilhar as raspas de limão, salgar a gosto e servir.

Dica: Fica excelente com cuscuz marroquino!