Unhas de gel: passo a passo, riscos, como tirar, preço e mais

23 de outubro de 2018

|

POR Manuela Sampaio

Muitas mulheres têm o hábito de manter as unhas sempre na moda, as decorando com desenhos, cores e formatos que, de um jeito surpreendente, as transformam e repaginam.

Porém, conseguir unhas naturais tão perfeitas e compridas nem sempre é fácil, já que para isso deve haver cuidados extensos com o tecido. Deste modo, surgem os diferentes tipos de unhas postiças, entre elas, as unhas de gel. Mas será que qualquer pessoa pode colocá-las? Como fica a unha “de baixo”? Respondemos essas e outras perguntas a seguir.

O que são unhas em gel?

A dermatologista Tatiana Gabbi, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), explica que as unhas de gel são um tipo de unha postiça que é colada à natural, a qual passa por um processo específico de esmaltação em gel que inclui a secagem em uma câmara de luz ultravioleta.

Quais são os tipos de alongamento de unhas?

Cristiane Diniz, do salão especializado em unhas Cosmopolish nail, explica que, além das unhas de gel, há outras três técnicas de alongamento: porcelana, fibra de vibro e acrigel, que mistura porcelana e gel. Todas apresentam resultados muito semelhantes.

Como funciona?

 

Cuidado com as unhas.

piranka/IStock

O procedimento de alongamento de unhas de gel deve ser feito no salão com um profissional especializado.

Preparo

Segundo Cristiane Diniz, o preparo inclui algumas etapas:

  • Aplicação do “ultrabond primer”, produto que serve para retirar a oleosidade da unha – processo de suma importância para garantir a durabilidade da aplicação do gel.
  • Em seguida, aplica-se o “primer”, produto que evita que o gel “levante” e que haja entrada de água e produtos entre a unha e o gel – e consequentemente previne a proliferação de fungos.

Procedimento

O procedimento em si começa com a aplicação de uma camada de base de gel e a colocação da mão na cabine de luz ultravioleta ou LED para que possa secar. Depois, a unha é construída com uma camada mais grossa de gel e novamente levada à cabine para secar.

“Todo o procedimento leva em média de 1h30 a 2h para ser realizado, pois o gel é moldado sobre cada unha, uma a uma”, explica Diniz.

Depois disso, pode ser feita a esmaltação normal para dar cor à unha.

Retoques

A frequência de retoque dos banhos de gel varia de acordo com a velocidade de crescimento da unha, podendo ser de 15 a 20 dias.

No retoque, é feita a nivelação da unha com lixa, para diminuir o “degrau” que fica entre a unha natural e a de gel e, em seguida, é aplicada uma nova camada de gel e feita sua remodelagem.

Posso colocar unhas de gel em casa?

O ideal é fazer as unhas de gel com um profissional qualificado e em local de confiança, garantindo não apenas um resultado esteticamente satisfatório, mas também a segurança de um procedimento que não prejudique a saúde das unhas naturais.

Por tudo isso, evite comprar qualquer kit unhas de gel e usar por conta própria.

Dói?

Todo o processo, a manutenção e a retirada são indolores, segundo Cristiane Diniz.

Quanto tempo dura?

Segundo Cristiane, as unhas de gel podem ser mantidas por até quatro meses se feita a adequada manutenção.

Estraga a unha?

A dermatologista explica que o processo pode estragar a unha natural quando esta não está muito forte, portanto, não é recomendado para quem tem unha fraca ou outros problemas na região, como micoses.

Ela explica que ainda há risco de infecção por bactérias pseudomonas, que causa dor e deixa a unha esverdeada, e a chamada “worn out nails”, uma reação rara a acrilatos que deixa a unha destruída de modo permanente.

Quem pode fazer unhas de gel?

As unhas de gel podem ser uma opção para quem tem esta estrutura forte e saudável e, especialmente, para quem rói unhas.

Quais são os cuidados necessários?

Os cuidados são os mesmos de quem possui unhas longas. Deve-se evitar atritos com as unhas e tocar mais com os dedos. “E é possível sim, lavar louça, fazer as unhas normalmente e, no caso da retirada do esmalte, recomendamos o uso do removedor sem acetona, assim é possível prolongar ainda mais a vida útil das unhas em gel”.

Como tirar unhas de gel?

Diniz explica que há um removedor específico para ser utilizado.

A retirada é feita colocando um algodão embebido nesta solução sobre cada uma das unhas, “embrulhando” com um papel alumínio e deixando agir por pelo menos 10 minutos.

Depois disso, o trabalho é feito com a lixa. Inicialmente é usada uma grossa em toda superfície com movimentos suaves e uniformes. Depois, passa-se para uma mais fina até o gel ter desaparecido por completo. A finalização é feita com hidratação das unhas com creme ou óleo, pois o gel pode deixá-las ásperas.

Quais são os riscos?

A especialista explica que as unhas de gel podem danificar a unha “de baixo”, principalmente se ela já estiver frágil. Um erro que aumenta esse risco é arrancar a postiça por conta própria. Portanto, lembre-se de fazer todo o procedimento no salão com um profissional qualificado.

Outro risco é a penetração de água e outros produtos, o que pode predispor infecções e proliferação de fungos.

Por fim, pode haver reação alérgica a acrilatos, gerando destruição permanente das unhas. Por isso, pessoas com históricos de alergia ao produto devem evitar o procedimento.

Quem não pode fazer?

Tatiana Gabbi explica que quem já sofreu alergia ao colocar unhas postiças ou tem a unha muito fraca deve evitar o procedimento.

Quanto custa?

O preço das unhas de gel varia de R$ 150,00 a R$ 250,00 e a manutenção vai de R$ 100,00 a R$ 150,00.

 

Fontes

Tatiana Gabbi, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)

Cristiane Diniz, do salão especializado em unhas Cosmopolish nail,