Como congelar legumes cozidos sem perder nutrientes: passo a passo fácil

23 de maio de 2019

|

POR Gabriele Amorim

Cozinhar e congelar legumes e verduras antecipadamente facilita muito o dia a dia, além de contribuir para uma alimentação mais saudável e balanceada. Por isso, preparamos um passo a passo fácil. Aprenda:

Existe jeito certo de congelar legumes?

Para que os legumes cozidos possam durar meses no refrigerador e, quando descongelados ainda ficarem frescos, é preciso cozinhá-los da forma correta.

A nutricionista Veronica Laino ensina, em seu canal no YouTube, a técnica de branqueamento, que consiste em pré cozer os legumes para inativar as enzimas responsáveis pela deterioração dos alimentos. Depois, os legumes são colocados em uma bacia com água e gelo para que o processo de cozedura seja interrompido imediatamente, deste modo eles permanecem com textura natural mesmo após congelados e descongelados.

Existem dois métodos para cozinhar os alimentos na técnica de branqueamento:

  1. Água fervente, com a panela destampada
  2. Vapor, com auxílio de uma vaporeira e panela tampada

Passo a passo para cozinhar e congelar legumes

Como exemplo, serão utilizados os seguintes legumes: abóbora-cabotiá, abobrinha, berinjela, brócolis, cenoura, chuchu, repolho e vagem.

Eles podem ser congelados por até seis meses.

1. Higienização

Já que os legumes serão cozidos em alta temperatura, não é necessário higienizá-los com água sanitária, mas é apenas lavá-los bem em água corrente para que insetos ou terra que possam estar grudados sejam retirados.

No caso do brócolis, o ideal é colocá-lo de molho em água com vinagre (uma colher de sopa da solução a cada litro de água) por dez minutos para retirar possíveis insetos que possam estar entre as flores. Após o processo, é só enxaguar em água corrente.

Depois de lavar todos os legumes, é hora de cortá-los preferencialmente em pedaços pequenos para facilitar o cozimento. A exceção fica por conta da abóbora-cabotiá – que deve ser partida apenas pela metade.

2. Cozimento

Para começar, leve uma panela com água ao fogo e deixe ferver. Então, escolha qual método prefere usar no processo de cozimento (vapor ou imersão na água).

Confira o tempo de cozimento de cada um dos legumes para que sejam mantidas as texturas naturais quando descongelados:

Abóbora-cabotiá: cada metade, ainda com casca, deve ser fervida na água por 8 minutos virada de um lado e 2 minutos do outro. Assim, ela fica fácil de cortar.

Abobrinha: 3 minutos na água fervente e dois minutos no vapor.

Berinjela: 4 minutos na água fervente e 3 minutos no vapor.

Brócolis: 4 minutos na água fervente e 3 minutos no vapor.

Cenoura: 4 minutos na água fervente e 3 minutos no vapor.

Chuchu: 4 minutos na água fervente e 3 minutos no vapor.

Repolho: 3 minutos na água fervente e 2 minutos no vapor.

Vagem: 3 minutos na água fervente e 2 minutos no vapor.

3. Branqueamento

Nessa etapa, é necessário encher uma bacia grande com água e bastante gelo.

Conforme os legumes alcançarem o tempo de cozimento, transferi-los para a água gelada, de modo a provocar choque térmico que interromperá o cozimento seja interrompido.

A mesma bacia pode ser utilizada para todos os legumes, desde que seja acrescido mais gelo conforme o calor for perdido.

Depois que cada um dos legumes passar pelo processo de branqueamento, os mesmos devem ser transferidos para panos de prato limpos para que possam escorrer e secar bem.

4. Congelamento

Quanto mais seco o legume estiver, mais tempo vai durar no congelador, por isso é tão importante secar bem.

A recomendação é que cada pessoa consuma uma xícara de chá de legumes por refeição. Dessa forma, é possível congelá-los na medida certa, facilitando o preparo no dia a dia.

O armazenamento pode ser feito em:

  • Potes de vidro esterilizados
  • Refratários de plástico esterilizados e próprios para freezer
  • Sacos plásticos esterilizados e próprios para freezer

As porções podem ser congeladas separadamente ou combinadas. Por exemplo, em uma única xícara, é possível mesclar:

  • Repolho + abobrinha + vagem
  • Berinjela + chuchu + abóbora
  • Repolho + chuchu + abóbora
  • Brócolis + abobrinha + repolho
  • Abóbora + chuchu
  • Berinjela + chuchu
  • Abobrinha + repolho
  • Repolho + vagem
  • Brócolis + cenoura
  • Cenoura + abobrinha

Para facilitar o consumo, escreva na embalagem, com uma caneta permanente, o que está congelado e a data de validade.

Dicas

  • Depois de picada, a berinjela deve ser mantida de molho em água até o momento de cozimento para diminuir o sabor amargo e não escurecer.
  • Todos os legumes podem ser cozidos na mesma água, sendo desnecessário trocá-la.
  • Deve-se secar bem o brócolis e a berinjela, pois ambos absorvem muito líquido.
  • No caso do repolho-roxo, é necessário tomar cuidado com os panos de prato, pois ele possui corante natural que pode manchar tecidos.

Como descongelar?

Na hora de consumir, apenas retire os legumes do freezer e transfira-os para uma panela quente ou leve-os ao forno com um fio de óleo e o tempero que desejar, apenas para dourar e aquecer.